Curta a nossa página
 
27/04 12h19 2022 Você está aqui: Home / Juazeiro do Piauí Juazeiro do Piauí Imprimir postagem

Juazeiro do Piauí

Juazeiro do Piauí

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Juazeiro do Piauí - com Juazeiro do Piauí

Professores de Juazeiro do Piauí continuam de greve; Pais e alunos protestam contra prefeito

A tensão da greve dos professores em Juazeiro do Piauí só aumenta com mais protestos realizados na sexta-feira (22). Já se passaram 20 dias que a classe reinvindica seus direitos, buscando ajuda de vereadores e a compreensão do próprio Prefeito, Wilson Gomes, para realizar o pagamento, que está previsto na lei, do aumento de 33,24% no piso salarial.

Pais e alunos se uniram a causa, pois diante deste conflito, os estudantes estão prejudicados com a falta de aulas. Na oportunidade, denunciaram que as escolas e transportes escolares estão sucateados.

Nas salas de aulas, faltam ventiladores, iluminação, possui goteiras, ônibus quebrados e o principal, que gerou a greve, a recusa do Prefeito em cumprir a lei do piso salarial dos professores.

Em entrevista ao EmFoco, a Adriana Bacelar, representante do sindicato dos servidores da educação de Juazeiro, explicou que a greve continuará até que a lei seja cumprida em valorização dos servidores.

"Sobre a continuidade da greve, estaremos aguardando a publicação do Diário Oficial Município para que então, realizaremos outra assembleia onde decidiremos sobre a continuidade da greve. Até lá, para que se cumpra a lei, em relação ao que é nosso. Queremos e temos o direito de ter os 33,24%", disse a represnetante.

BASCA POR DIREITOS

Os professores exigem o cumprimento do que é estabelecido em lei e em portaria do governo federal, que é o reajuste do piso salarial nacional, que para o ano de 2022 ficou estabelecido em 33,24%

Após duas rodadas de negociações, com a presença do Ministério Público, inclusive, o prefeito Wilson Gomes insiste em negar o direito adquirido pelos docentes municipais, propondo-se a pagar apenas 20% do que foi estabelecido pelo governo.

Segundo a Presidenta do Sindicato dos Servidores Municipais em Educação de Juazeiro do Piauí, Adriana Bacelar, a história dos professores em Juazeiro do Piauí é uma história de desvalorização, desrespeito e perseguições, mas também de resistência e muita luta.

O OUTRO LADO

Wilson Gomes jogou a responsabilidade para gestores anteriores, incluindo seu aliado político, o presidente da câmara Edmilson Reis, que administrou o município interinamente em 2021. Wilson disse que no próximo ano podem jogar a conta pra você, mas esse ano não, se referindo a uma suposta desorganização administrativa do município e perda de recursos. 

PRÓXIMOS PASSOS

Nesta terça-feira (26) a Câmara Municipal de Juazeiro do Piauí votou o Projeto de Lei que define o aumento do piso salarial dos professores da rede municipal daquela cidade. O aumento de 20% vai na contramão da lei federal que definiu 33,24% de aumento para os servidores da educação. 

Na votação, que contou com a presença dos professores e de alguns pais, dos 8 vereadores aptos a votar, 4 votaram a favor do projeto e 4 contra. 

Os vereadores Pretinha, Adaías, Maurício Visgueira e Bodó votaram a favor, enquanto Eronilza, Júnior Visgueira, Cristiano Galdino e Luciane se posicionaram contra.

Restou ao presidente da Câmara, o vereador Edimilson Reis, dar o voto de desempate. O mesmo votou a favor do projeto do Executivo Municipal, gerando protestos dos professores presentes.

A categoria agora aguarda a publicação do resultado no Diário Oficial do município para deliberar sobre os próximos passos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara de Juazeiro do PI vota contra os professores e aprova reajuste abaixo do piso nacional

Professores municipais entram em greve por tempo indeterminado em Juazeiro do Piauí

Prefeito de Juazeiro do Piauí se nega a pagar aumento para professores

Sem reajuste nos salários, professores paralisam atividades em Juazeiro do Piauí

'Essa conta não é minha': Diz prefeito após culpar aliados por não pagar professores em Juazeiro (PI)

 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.