Curta a nossa página
 
05/08 16h55 2019 Você está aqui: Home / Campo Maior Da Redação/Campo Maior Imprimir postagem

Campo Maior

Da Redação/Campo Maior

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Da Redação/Campo Maior - com Campo Maior

Câmara entregará Mérito Legislativo nas comemorações pelos seus 257 anos; Conheça os homenageados

Nesta quinta-feira, 8 de agosto, a Câmara Municipal de Campo Maior entregará pela primeira vez uma honraria exclusiva do Poder Legislativo campomaiorense: A medalha do Mérito Legislativo Vereador Simplício José da Silva.

A comanda, que remete à história do desenvolvimento de Campo Maior, bem como as principais características do município, entrará oficialmente no calendário anual da Câmara Municipal. Tal como as demais honrarias, esta visa reconhecer, valorizar e incentivar os pensadores, artistas, empresários, filantropos e demais componentes da sociedade que, de alguma forma, possuem ações voltadas ao desenvolvimento municipal.

A medalha recebe o nome do vereador José Simplício da Silva que, além de atuar como vereador, foi um dos bravos guerreiros que enfrentaram as tropas do Major João José da Cunha Fidié na Batalha do Jenipapo, sendo ainda peça chave na pacificação da vila após a batalha. Foi o principal protagonista da guerrilha contra o exército Lusitano que, após a batalha, havia se refugiado nas terras de Estando, atual cidade de União.

Foi graças a ação do Tenente e Vereador Simplício José da Silva e seus comandados, dando combate ao exército Português, com o uso de táticas de guerrilha, que o Major João José da Cunha Fidié, comandante supremo das tropas lusitanas, se viu obrigado a fugir para Caxias, no estado do Maranhão, onde foi sitiado e se rendeu.

CONHEÇA OS HOMENAGEADOS:

THIAGO PINHEIRO LIMA

Thiago Pinheiro Lima é graduado em Ciências Sociais e Jurídicas pelo instituto de Ciências Jurídicas e Sociais Professor Camilo Filho (2006), em Teresina. É natural de Campo Maior/PI e se especializou em Direito Municipal pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal, Campo Grande e em Medida Provisória no Ordenamento Jurídico do Município Brasileiro (2010). Desde 2012 é Procurador do Ministério Público de Contas do Estado de São Paulo, onde ingressou por concurso público.

CELSON GONÇALVES CHAVES

Celson Gonçalves Chaves é graduado em Licenciatura Plena em História pela Universidade Estadual do Piauí – UESPI e pós-graduado em Ensino de Filosofia para o Ensino Médio pela mesma instituição. Natural de Campo Maior, o historiador é responsável pela criação e desenvolvimento de um plano para a valorização da imagem institucional do poder legislativo de Campo Maior que envolveu a criação de um livro (Câmara Municipal de Campo Maior – 256 anos de História), criação do brasão do poder legislativo, e colaboração da criação desta honraria. Realiza ainda trabalhos sociais em comunidades circunvizinhas, e incentiva a leitura, a arte e a cultura local.

JOSÉ GILBERTO ALVES DE SOUSA

José Gilberto Alves de Sousa, Campomaiorense, é ex-funcionário do Banco do Nordeste, onde atuou por 38 anos, desempenhou as funções de Gerente Geral de Agências nas cidades de Crateús-CE, Sobral-CE, São Benedito-CE e Campo Maior-PI. É graduado em Enfermagem pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), Pós-graduado em Acupuntura pela Associação Brasileira de Acupuntura. Atualmente é sócio proprietário da empresa ÁGUA CRISTALINA DO PIAUÍ LTDA., responsável pela criação de 15 empregos diretos e mais de 150 indiretos.

LUÍZ JOSÉ RIBAMAR OZÓRIO LOPES

Luíz José Ribamar Ozório Lopes ou Luíz Eduvirges, como é popularmente conhecido, é Fundador do Partido dos Trabalhadores em Campo Maior (PT) e admirado por sua inteligência e dedicação pela causa do povo trabalhador e dos excluídos. A sua ideologia política e social custou sua liberdade na ocasião do regime militar, em 1964, onde foi preso e considerado persona non grata.

Dentre outros Trabalhos, Luís Eduvirges foi fundador da União Camponesa do Piauí, Fundador do Contag, no Rio de Janeiro e da CUT Nacional, em São Paulo, e um dos dirigentes, além de Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Campo Maior por vários anos. No PT, foi dirigente e militante, além de candidato aos cargos de Prefeito, Deputado Federal e vereador de Campo Maior.

ADRIÃO JOSÉ NETO

Adrião Neto é dicionarista biográfico, historiador, poeta e romancista, com vários livros publicados é o autor da ideia de inclusão da data histórica da Batalha do Jenipapo (13 de Março de 1823) na bandeira do Piauí e na proposta vitoriosa para homenagear, com estátuas, os vaqueiros e roceiros no monumento nacional do Jenipapo. Sua produção literária tem como principal objetivo o estudo e a divulgação do Piauí em todos os seus aspectos, tendo seu nome citado em mais de quinhentas obras, inclusive em monografias, dissertações de mestrado e teses de doutorado.

Dentre outras honrarias, possui o titulo de cidadão nos municípios de Teresina, Parnaíba, Campo Maior, Floriano e Luzilândia. Além disso, é doutor Honoris causa em Filosofia Universal, Ph I, Filósofo imortal e Comendador Nacional do Mérito Literário, outorgado pela Academia de Letras do Brasil.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.