Curta a nossa página
 
04/02 22h15 2021 Você está aqui: Home / Penso, logo escrevo Weslley Paz weslleypaz@gmail.com

JF revela que Ribinha deixou quase 10 milhões na conta da Prefeitura de Campo Maior

O Prefeito de Campo Maior, JF, deu uma de Dilma na leitura da mensagem no início dos trabalhos da Câmara de Vereadores na última terça-feira (02) (ASSISTA AQUI). Ele usou o espaço pra fazer uma espécie de soma dos valores que entraram nas contas da prefeitura no mês de dezembro e o quanto ficou em caixa.

Tal como a ex-presidente do Brasil, Dilma Rousseff, ele citava o valor e dobrava o valor e no final deu quase o dobro do real valor que entrou nas contas da prefeitura. Pelos cálculos dele, a Prefeitura de Campo Maior recebeu cerca de 15 milhões no último mês do ano de 2020. JF se mostrou insatisfeito porque o ex-prefeito Professor Ribinha, que estava concluindo seu mandato, aplicou praticamente todo o recurso com as obrigações da prefeitura, informação dada pelo próprio JF em sua fala. Ao mesmo tempo que ele disse que o recurso foi usado para pagar parte das folhas, ele questionou o que foi feito com o dinheiro, ora, ora...

Segundo informações do próprio JF, Ribinha ainda deixou em caixa mais de 1,2 milhão de reais, fora os recursos do FUNDEF, que segundo o atual Prefeito, é aproximadamente 4 milhões e o do COVID, que nenhum dos dois informaram quanto ficou, mas comenta-se nos bastidores que também ficou algo em torno de 4 milhões. Juntando tudo, ultrapassa os 9 milhões.

Ribinha deixou a prefeitura sem nem dizer tchau, e agora o atual prefeito canta de galo, dizendo o que bem entende e enganando quem quiser ser enganado.

QUANTO ENTROU NA PREFEITURA EM DEZEMBRO?

Já que político é bicho que não devemos confiar, o assinante desta coluna teve a curiosidade de pesquisar e descobriu que no mês de dezembro entrou na prefeitura de Campo Maior R$ 9.073.661,65 oriundos de repasses constitucionais, porém foi debitado R$ 2.019.631,81 de precatórios, ou seja, ficou pouco mais de R$ 7 milhões. Somando ao repasse da venda das contas para o Bradesco, algo em torno de R$ 1 milhão, a Prefeitura ficou com R$ 8 milhões em caixa e foi com esse dinheiro que o então Prefeito pagou boa parte dos servidores efetivos e contratados, 13º salário, fornecedores, e ainda deixou recursos pra pagar os funcionários da saúde.

SITUAÇÕES DE OUTRAS CIDADES

Em outras cidades, como Altos e Jatobá, por exemplo, os novos prefeitos além de encontrarem contas zeradas, ainda tiveram que pagar contas de obrigações que ficaram abertas. Fora a máquina pública toda sucateada em virtude do caos administrativo causado pelos gestores que passaram.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.