Curta a nossa página
 
18/11 01h30 2015 Você está aqui: Home / Blog da Redação Escolha do Editor campomaioremfoco@hotmail.com

Caiçara possui dois presidentes e é ameaçado de rebaixamento pela FFP

A Federação de Futebol do Piauí deu ao Caiçara um prazo de uma semana para o problema das duas diretorias ser resolvido.

A Federação de Futebol do Piauí adiou para a próxima terça-feira (24/11) o arbitral Campeonato Piauiense de 2016 que deveria acontecer nesta terça. Motivo: o Caiçara de Campo Maior. A entidade alegou que o clube possui duas diretorias eleitas e estabeleceu o prazo de uma semana para que o conflito seja resolvido e o clube permaneça da primeira divisão. 


Segundo o presidente Cesarino Oliveira, duas diretorias estão registradas na Federação. Uma primeira diretoria tendo Dílson Trindade como presidente foi protocolada. E já nessa semana, uma segunda diretoria tendo como presidente Francisco Ispo foi apresentada à FFP. 


A suposta eleição que teria eleito Dílson Trindade ocorreu no dia 2 de outubro em Assembleia Extraordinária, segundo consta na documentação apresentada na FFP. Na última sexta (13), foi à vez de Francisco Ispo ser reeleito presidente do Leão do Norte em chapa única. 

 

Duas diretorias registradas na Federação 


“Na verdade essa chapa é de umas pessoas que na época da eleição do Cesarino desfilaram o Caiçara para forma uma nova Federação (de Futebol no estado). Eles não têm legitimidade para representar o Caiçara. Quem tem legitimidade é essa diretoria eleita na sexta-feira de acordo com o estatuto do clube”, revelou Francisco Ispo. 


O presidente reeleito denunciou a diretoria composta por Dílson Trindade (presidente) e Domingos José de Carvalho (vice-presiedente) por terem realizado uma eleição no Caiçara usando o CNPJ da Sociedade Esportiva Sete Cidades e por cobrarem taxas no valor de R$ 35,00 de sócios usando o nome do time. 

 

Eleição  realizada com CNPJ de outro clube é denunciada 

 

A Federação de Futebol do Piauí deu ao Caiçara um prazo de uma semana para o problema das duas diretorias ser resolvido. Caso na próxima terça, data do novo arbitral, o Caiçara permanecer com as duas diretorias protocoladas, a entidade ameaçou rebaixar o clube alvirrubro para a Série B do Estadual. 

 

Eleição que reelegeu Francisco Ispo na sexta (13)

 

Francisco Ispo (presidente) Antônio Mororó (vice-presidente) eleitos para o triênio 2016/2018


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.