Facebook
  RSS
  Whatsapp

  15:13

Blogueira é presa suspeita de comandar morte e esquartejamento de jovem em Teresina (PI)

 Silvana Rodrigues de Sousa, de 21 anos, foi assassinada em uma casa na Vila da Guia, Zona Sudeste de Teresina — Foto: Reprodução

Uma blogueira, identificada apenas como Maria Clara, foi presa nesta segunda-feira (8), suspeita de comandar o assassinato e o esquartejamento de Silvana Rodrigues de Sousa, de 21 anos. Conforme o delegado Bruno Ursulino, do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), a suspeita atraiu a vítima para a residência onde o crime ocorreu.

"Conseguimos prender a Maria Clara por volta das 12h. Ela foi a mandante desse crime, determinou como tudo ia ocorrer e chamou a vítima para a região", explicou o delegado.

Ainda segundo o delegado, a blogueira integra uma facção criminosa atuante em Teresina com a função de "disciplina". O chamado "disciplina" é um membro da organização que teria a função de castigar outros membros que tenham infringido regras impostas pelo próprio grupo.

O crime

A família notou o sumiço da jovem das redes sociais e acionou a polícia. Depois que o corpo foi encontrado, os familiares fizeram o reconhecimento.

Silvana tinha 21 anos e morava sozinha na região onde foi morta. Conforme a família, a jovem tinha distúrbios mentais e chegou a fazer acompanhamento psicológico e psiquiátrico, fazendo uso de medicação. Há algum tempo, contudo, ela havia interrompido o tratamento.

Depois disso, ela passou a usar drogas e se tornou dependente. Não há ainda informações sobre o envolvimento de Silvana na prática de crimes, mas a polícia apura a possibilidade.

Investigação

Conforme o delegado Bruno Ursulino, do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), possivelmente mais de uma pessoa participou do crime, devido aos indícios da dinâmica da morte de Silvana.

A principal suspeita é de crime praticado por integrantes de facções, já que, conforme Ursulino, um grupo criminoso tem forte atuação no lugar onde ela foi assassinada.

O delegado disse que a jovem foi morta na casa onde a polícia encontrou vestígios de sangue, na Vila da Guia, Zona Sudeste. Ainda não foi possível determinar com precisão a forma como ela foi assassinada, mas dois facões foram achados na casa e a mulher teve o corpo cortado em várias partes.

As partes do corpo dela foram colocadas dentro de dois sacos de estopa, que foram levados para a área de mata, vizinha à casa, e enterradas em covas de aproximadamente 1 metro de profundidade. Depois, os criminosos tentaram cobrir a cova, para esconder os vestígios da escavação.

Casa abandonada onde Silvana Rodrigues, de 21 anos, foi assassinada - Polícia encontra mulher enterrada próximo a casa abandonada com vestígios de sangue, em Teresina — Foto: Eric Sousa/ g1 Piauí

Ainda segundo o delegado, no local onde o corpo foi encontrado existe uma draga (embarcação projetada para executar funções que digam respeito ao fundo de qualquer curso de água), que dificultou o trabalho da Polícia Civil. Devido ao volume da água que caía na área, não foi possível sentir um possível odor do corpo ou outros detalhes na terra.

A mulher foi encontrada por cães farejadores do Corpo de Bombeiros do Ceará. Os militares foram acionados porque a polícia, ao iniciar as investigações, percebeu que ela poderia estar enterrada no matagal próximo à residência, uma área bastante extensa.

Para agilizar as buscas, os bombeiros do estado vizinho foram acionados por terem em seu canil cães treinados para este tipo de busca. A cova estava a cerca de 300 metros da casa.

Fonte: G1

Mais de