Facebook
  RSS
  Whatsapp

  02:11

Suspeita de liderar organização criminosa em Pedro II-PI é presa em SP; é considerada de alta periculosidade

 Foto: reproduções

A Polícia Civil do Piauí realizou a prisão na noite de ontem, quarta-feira (05/06), de uma mulher suspeita pelos crimes de organização criminosa, homicídios e tráfico de drogas na cidade de Taboão da Serra (SP). A prisão foi feita por meio do Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) com o apoio da Polícia Militar de São Paulo.

A mulher era alvo da operação Draco 126, deflagrada na cidade de Pedro II, no entanto, conseguiu fugir para o estado de São Paulo, onde foi localizada e presa na cidade de Taboão da Serra.

Leia também- Sargento suspeito de integrar facção criminosa é preso pela segunda vez em Pedro II (PI)

Segundo o coordenador do DRACO, delegado Charles Pessoa, Glenda passou a liderar a organização criminosa após a prisão, em abril, de um homem identificado pelas iniciais A.I.N.S., que anteriormente chefiava a organização.

“Essa mulher estava sendo monitorada pela inteligência do Draco, inclusive, foi alvo da operação Draco 123, deflagrada no dia  29 de maio deste ano. Na ocasião, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão em Pedro II. Vale ressaltar, que a mesma é considerada de alta periculosidade e possui participação direta em alguns homicídios que aconteceram na cidade”, pontuou Charles Pessoa.

Mais de Pedro II