Facebook
  RSS
  Whatsapp

  23:59

Daniel Alves sai da prisão na Espanha após pagar fiança de R$ 5,5 milhões

 

Daniel Alves pagou a fiança de 1 milhão de euros (R$ 5,4 milhões) nesta segunda-feira e será solto da prisão em Barcelona. O brasileiro deixará o Centro Penitenciário Brians 2, cinco dias após a Justiça espanhola aceitar o pedido de liberdade provisória feito pela defesa do jogador.

Condenado a quatro anos e meio de prisão por estupro, o lateral passou 14 meses em prisão preventiva e deverá ser liberado nas próximas horas. O ex-jogador teve que entregar à Justiça os dois passaportes (espanhol e brasileiro) e não pode deixar a Espanha. Ele também não pode se aproximar da vítima a uma distância de 1.000 metros, e terá que comparecer ao Tribunal de Barcelona uma vez por semana ou sempre que for convocado.

Daniel Alves demorou vários dias para levantar a quantia. Após a transferência do valor para a conta do tribunal, foi dada a instrução à administração penitenciária para fazer sua liberação. O jogador explorou diversas opções para efetuar o pagamento o mais rápido possível.

De acordo com o jornal catalão "La Vanguardia", a defesa de Daniel Alves buscou um empréstimo bancário para tirá-lo da cadeia. Um banco não revelado teria se comprometido com a equipe, enquanto outros se negaram por questão de reputação. Em um primeiro momento, segundo o diário, o responsável pelo pagamento da fiança seria o pai de Neymar, Neymar da Silva Santos, quem negou o envolvimento. Familiares e amigos do jogador teriam corrido para juntar o dinheiro, segundo o jornal catalão "El Periódico".

Ainda de acordo com o "La Vanguardia", Inés Guardiola, advogada do jogador, foi ao Tribunal Superior de Justiça da Catalunha, na quinta, tentar a liberação do brasileiro por meio de um certificado de pagamento pendente do Ministério da Fazenda da Espanha - o brasileiro tem 6,8 milhões de euros (R$ 36,6 milhões) a receber do Fisco espanhol no total, segundo o diário. No entanto, o órgão recusou, sendo necessário o dinheiro de fato constar na conta do tribunal.

Com um patrimônio avaliado em cerca de 60 milhões de euros (R$ 323 milhões), Daniel Alves está impedido de movimentar parte do dinheiro que possui, devido a uma disputa judicial no Brasil com a ex-esposa, Dinorah Santana, referente à pensão alimentícia dos dois filhos. Na Espanha, houve bloqueio de valores desde a acusação de agressão sexual.

Daniel Alves foi acusado de agredir sexualmente uma mulher de 23 anos no banheiro de uma boate de Barcelona, no dia 30 de dezembro de 2022. Ele foi detido no dia 20 de janeiro de 2023, quando compareceu para um depoimento, e mantido em prisão preventiva, no Centro Penitenciário Brians 2. Duas semanas depois do julgamento de três dias, em fevereiro de 2024, a 21ª Seção do Tribunal de Justiça de Barcelona anunciou a sentença de quatro anos e meio de prisão mais cinco anos de liberdade vigiada.

Fonte: ge

Mais de Esportes