Facebook
  RSS
  Whatsapp

  19:33

JOÃO FÉLIX NO ALVO: PT estuda medida para coibir apoio de deputados “petistas” a prefeitos bolsonaristas

 

Declaradamente bolsonarista e adversário ferrenho do PT durante toda sua história política, o prefeito de Campo Maior, João Félix, decidiu tentar entrar no Governo petista de Rafael Fonteles por tabela.

É que na eleição de 2022 nenhum dos candidatos apoiados por ele foi eleito, visto que ele fez campanha em prol de Bolsonaro para presidente, Silvio Mendes para Governador, Joel para Senador, Elmano para Deputado Federal e para seu próprio filho que se aventurou na busca de uma cadeira de deputado estadual, porém TODOS perderam.

A saída encontrada por ele foi se apegar aos deputados neopetistas, Flávio Nogueira e Flávio Nogueira Junior, federal e estadual, respectivamente. A ideia dele é que dessa forma vai conseguir sugar da gestão petista de Rafael Fonteles por tabela.

No entanto, o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), João de Deus, disse, nesta quarta-feira (24/01), ao Portal Conecta Piauí que na próxima reunião do Partido dos Trabalhadores será cobrado um posicionamento dos deputados da sigla que estão apoiando a pré-candidatura de adversários do partido no interior do estado.

“Nós estamos tendo alguns problemas nesse sentido. Nós vamos pautar isso na próxima reunião do diretório estadual, sobre essa história de deputados do partido, vamos também fazer um diálogo com a bancada aqui na Assembleia, com bancada federal, sobre essa história de deputados do PT que se posicionam a favor de candidaturas adversárias do PT. Nós estamos tendo esse problema em Campo Maior, com o deputado Flávio Nogueira, os dois, o pai e o filho", explicou o presidente João de Deus informando que irá pautar isso na próxima reunião partidária pra tirar um posicionamento.

Mais de Wesley Paz