Curta a nossa página
 
07/10 22h38 2021 Você está aqui: Home / Geral Da Redação Imprimir postagem

Enquanto os brasileiros comem ossada, prefeito do Piauí ostenta churrasco de boi inteiro

Segundo relatos, famílias no município estão passando necessidade esperando a entrega da cesta básica.

Moradores da cidade de Milton Brandão (PI) estão revoltados com a postura do atual prefeito Evangelista Resende (PP) que, em plena pandemia e dificuldades econômicas enfrentadas por uma grande parcela de brasileiros que beiram a extrema pobreza, tendo que comprar ossada por falta de dinheiro para comprar carne, estaria realizando desde a quarta-feira (06), uma festa para os funcionários, aliados e empresários em sua residência localizada no município de Buriti dos Montes (PI). E o pior, ainda posa em fotos ostentando o churrasco de um boi inteiro. 

Denúncias feitas pelos próprios moradores através de vídeos e imagens mostram a ostentação do prefeito, servindo quilos de carnes e o próprio secretário de educação teria postado o carregamento de bebidas alcóolicas para serem servidas aos presentes no evento, alegando que seria em comemoração ao dia do prefeito, que foi nesta quarta (06) e acabou se estendendo para esta quinta-feira (07), com a justificativa que seria aniversário do Prefeito. Mas ao pesquisar nas fichas dos prefeitos eleitos, consta que o aniversário do gestor é no dia 07 de junho. 

Essa atitude do próprio gestor foi contra o decreto de medidas de prevenção contra a Covid-19 que ele assinou no dia 01 de outubro. A ostentação do prefeito de Milton Brandão (PI) eleito com 55,43% dos votos para o primeiro mandato 2021-2024, causou revolta, principalmente nos pais de alunos das escolas municipais que relataram o descaso em relação a merenda escolar distribuída pela Secretaria de Educação.

O Kit de merenda distribuído apenas 01 vez neste ano, após 5 meses em que o gestor tinha tomado posse, possuía apenas 1kg de arroz, leite, massa de milho, suco e peta, que somando os valores dos itens chega a custar aproximadamente 10 reais por cesta. Segundo relatos dos moradores, famílias no município estão passando necessidade esperando a entrega da cesta básica.

Um outro agravante ocorreu devido a festa, onde o município, segundo relatos de populares, teria ficado sem os serviços básicos por falta de funcionários que estavam presentes no evento. Os carros de utilização pública, foram locados para realizar o transporte dos convidados. Além dos pais sem o kit de merenda escolar, os comerciantes do município também se sentiram prejudicados com a publicação do decreto proibindo as atividades comerciais, enquanto o prefeito realizava aglomeração.

VEJA OS VÍDEOS:

VEJA O DECRETO:

 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados