Curta a nossa página
 
14/04 14h41 2021 Você está aqui: Home / Polícia Alecio Rodrigues Imprimir postagem

Após 8 horas, rebelião no CEM termina com 40 detentos foragidos

A rebelião no CEM (Centro Educacional Masculino) foi encerrada na manhã de hoje após 8 horas de motim. A Tropa de Choque já saiu do Centro. Segundo o capitão Tanaka Hitler não há feridos e os adolescentes deixaram um rastro de destruição. O governo do estado avalia os estragos deixados durante conflito. Cerca de 40 adolescentes estão foragidos.  

Cerca de 25 adolescentes foram transferidos para o Centro Educacional de Internação Provisória (CEIP). Ao chegarem ao local, houveram resistências e foi reforçado o policiamento no centro, que fica no bairro Dirceu Arcoverde, zona Sudeste de Teresina. 

De acordo com o subcomandante da Rone, Major Wilton Sousa, 25 internos que foram remanejados para o Ceip tentaram iniciar um motim que foi rapidamente controlado pela polícia. 

“Esses adolescentes que vieram do Cem quiseram se revoltar, mas nós fizemos uma vistoria neles e colocamos dentro das celas, está tudo na mais absoluta paz”, afirmou. 

Atualmente o Ceip possui 48 vagas, dessas 30 estão ocupadas.

Atualizada às 7h45

Uma rebelião está em andamento no Centro Educacional Masculino (CEM) desde 1h, desta quarta-feira (14). O local abriga mais de 100 menores infratores e há confirmação de fuga. Por volta de 7h20,  policiais militares da tropa de choque da Polícia Militar entraram no abrigo masculino. Um balanço parcial aponta para 40 fugitivos. Dois já foram recapturados. 

Do lado de fora do CEM há dezenas de telhas quebradas após serem arremessadas pelos adolescentes.  A PM confirmou que houve quebra-quebra também dentro do alojamento. Até o momento, não há confirmação de feridos. Por volta das 7h10 foi possível ouvir disparos de arma de fogo. 

 

Fonte: Cidadeverde


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados