Curta a nossa página
 
15/12 18h51 2020 Você está aqui: Home / Cidades Da Redação Imprimir postagem

Caso Adriana Tavares: Acusado de matar a professora será julgado 06 anos após o crime

Francisco de Assis Vasconcelos, acusado pelo assassinato da professora Adriana Tavares, irá a júri popular, o julgamento irá ocorrer nesta quarta-feira (16/12), em Campo Maior. Francisco responde pelo crime de homicídio de Adriana e pela tentativa de homicídio contra Maria das Dores, sua ex-companheira.

As vítimas voltavam em uma motocicleta, da escola Regina Maria Bona, no Reassentamento Corredores, zona rural de Campo Maior, quando foram surpreendidas por Francisco, que derrubou as duas da moto. O homem usou uma pedra para assassinar Adriana, que era amiga de Maria das Dores, ex-esposa de Francisco, que foi ferida com uma tesoura, mas sobreviveu ao ataque. O caso aconteceu no dia 22 de outubro de 2014.

ARQUIVO: Professora Adriana Tavares

PRISÃO

Francisco de Assis foi preso no dia 31 de agosto de 2018, na cidade de Sorriso, Mato Grosso, após ficar 04 anos foragido. A polícia chegou até o acusado após denúncia de uma testemunha que assistiu uma reportagem na TV sobre o caso.

ARQUIVO: Prisão de Francisco de Assis Vasconcelos 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados