Curta a nossa página
 
17/08 07h22 2020 Você está aqui: Home / Geral Bianca Viana Imprimir postagem

Hotéis e restaurantes reabrem nesta segunda-feira (17) em todo o Piauí

O Governo do Estado do Piauí publicou o decreto que dispõe e aprova sobre os protocolos e medidas de prevenção para o controle da disseminação do coronavírus para os setores relativos aos serviços de alimentação e bebidas em geral e de turismo. A partir desta segunda-feira (17), poderão funcionar hotéis e similares, serviços de alimentação com atendimento presencial e consumo no próprio estabelecimento e organização de eventos e turismo (exceto esportivos e culturais).

Para reabrir, os empresários destas áreas precisam seguir um protocolo específico e apresentar seu plano de segurança no site Pro Piauí. As regras são basicamente sobre distanciamento dos clientes, disposição das mesas, uso de tapetes sanitarizantes, lavatórios e álcool em gel para os clientes, alertas visuais e sonoros, uso obrigatório de máscaras e orientações para os colaboradores.

Bares e restaurantes se preparam para reabrir em Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Serviços essenciais como farmácias, postos de combustíveis supermercados foram regulamentados. Assim como o atendimento em clínicas, hospitais e laboratórios, escritórios de advocacia e contábeis. Todos os passos que estão sendo dados estão em constante avaliação.

O que continua fechado

Ficarão suspensos os serviços de alimentação e consumo presencial em parques, zoológico, praias, bibliotecas e cachoeiras assim como os serviços de turismo nessas localidades.

Os serviços de turismo também não foram liberados para regiões que são consideradas com alto risco epidemiológico como regiões dos Cocais, Vale de Rios Piauí e Itaueiras, Taboleiros do Alto Parnaíba, Vale do Rio Guaribas, Chapada das Mangabeiras, que compreende as cidades polos de Piripiri, Floriano, Picos e Bom Jesus.

As atividades econômicas nas regiões citadas devem seguir o cronograma de reabertura gradual previsto para 8 de setembro de 2020.

Reabertura em etapas

Este será o terceiro momento de flexibilização do Grupo II de atividades, que compõe as atividades de médio impacto econômico, como administração pública, defesa e seguridade social, atividades administrativas e serviços complementares, informação e comunicação, atividades de serviços pessoais, alojamento e outras atividades de serviço.

A flexibilização possui três classificações feitas com base no impacto econômico e depende do risco epidemiológico. Em cada data, a situação de cada região do estado quanto à rede de assistência à saúde é avaliada para decidir se a abertura realmente pode ocorrer. As etapas da reabertura das atividades foram organizadas da seguinte forma:

 

  • Grupo I – flexibilização em 4 momentos (06/07 – 13/07 – 20/07 – 27/07)
  • Grupo II – flexibilização em 4 momentos ( 03/10 – 10/08 – 17/08 – 24/08)
  • Grupo III – flexibilização em 2 momentos (08/09 – 22/09)

 

As atividades no Estado começaram a abrir gradualmente desde o dia 6 de julho, por meio das fases de flexibilização. O Grupo I, composto por serviços de alto impacto, como indústria de transformação e extrativa, construção civil, comércio, agricultura e pecuária já estão funcionando. Do Grupo II, desde o dia 3 de agosto, o shopping teve abertura parcial juntamente com serviços públicos e de comunicação.

No dia 24 de agosto acontece a abertura da última fase do Grupo II: serão liberadas as atividades organizacionais associativas, patronais, empresariais e profissionais, sindicais, defesa e direitos sociais.

O Grupo III, composto por atividades econômicas de baixo impacto, como artes, cultura, esporte e recreação e serviços domésticos deve começar a ser liberado gradualmente a partir de setembro, no dia 8. Primeiramente, as atividades esportivas, culturais, lazer, academias, cinemas (nos shoppings) e as praias poderão reabrir. O setor da educação, bem como o retorno de aulas presenciais nas escolas particulares e públicas apenas após será a última fase da flexibilização, no dia 22 de setembro.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados