Curta a nossa página
 
24/01 10h46 2020 Você está aqui: Home / Entretenimento Bianca Viana Imprimir postagem

Manu Gavassi, Pyong Lee e Chumbo, do 'BBB20', estão na mira do paredão

Em um papo com o líder Petrix Barbosa e Babu Santana, o próprio surfista Lucas Chumbo se colocou na berlinda.

O resultado de uma liderança no "Big Brother Brasil 20" já deixou o sinal alerta para que os confinados comecem a jogar. Lucas Chumbo já até faz as previsões de como será formado o primeiro paredão. 

"A única pessoa do grupo que eu opinaria votar seria a Manu", disse Chumbo, que arrastou o bonequinho de Pyong Lee e o seu para ficarem ao lado da cantora: "Vai ser isso aqui (o paredão), acho que vai ser triplo".

Petrix desconversou, não sabendo se seria duplo ou triplo o paredão. Em seguida, o ginasta ainda cravou o seu voto em Pyong Lee. Ao selecionar os escolhidos para o lado VIP da casa, por exemplo, o hipnólogo ficou de fora.

"(Pyong) me conhece, é inteligente. Pensando, jogando. Esquece afinidade. Acima de tudo, eu respeito muito ele, como jogador. Na frente vai ser mais complicado para mim. Se agora, conseguir ter esse poder de colocar o Pyong (no paredão), para mim é vantagem. Eu o vejo como um jogador forte", diz o ginasta.

A previsão de Chumbo, sobre a quantidade de pessoas que formarão o paredão, está mais ou menos correta. Como Tiago Leifert informou, no domingo um participante será indicado pelo líder e os dois mais votados pelos moradores da casa completarão o paredão do "BBB20". Porém, um dos integrantes desse trio poderá se livrar do voto popular se vencer a prova do "Bate e volta".

"Se eu ganhar o anjo, eu te dou", disse Babu a Chumbo. O ator também sinalizou de que votaria em Manu Gavassi. Outra novidade é que na primeira semana o anjo, que será disputado no sábado, será autoimune. Mas os confinandos ainda não fazem ideia de como será a dinâmica.


  Tags:

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.