Curta a nossa página
 
17/09 23h09 2020 Você está aqui: Home / Redação/Castelo do PI Redação/Castelo do PI Imprimir postagem

Redação/Castelo do PI

Redação/Castelo do PI

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Redação/Castelo do PI - com Redação/Castelo do PI

Ex-Controladora da prefeitura de Castelo do Piauí é presa por suspeita de corrupção no CE

O Grupo Especial de Combate à Corrupção (GECOC) do Ministério Público e 4º Promotoria de Crateús, no estado do Ceará deflagrou na manhã desta quinta-feira (17/09) a Operação Vértice, uma fase da operação Bamburral, iniciada em 2016, que apura supostos atos de improbidade administrativa, corrupção, lavagem de dinheiro, fraudes em licitações e peculato na Câmara Municipal de Crateús-CE.

Na operação de hoje, a força tarefa do Ministério Público e Polícia Civil cumpriu três mandados de prisão temporária, 15 mandados de busca em apreensão. Dos três mandados de prisão, um dos investigados não foi encontrado e é considerado foragido. Os mandados foram contra quatro vereadores e quatro servidores da Câmara Municipal de Crateús, além de um secretário municipal e quatro empresários.

Segundo o Ministério Publico do Ceará, os investigados movimentaram mais de R$ 1 milhão que seriam de pagamentos por contratos de fachadas cm empresas de contabilidades.

Além de Crateús, a operação cumpriu mandados em Poranga, Barroquinha e Fortaleza, no Ceará, e buscas no estado do Piauí, mas o Ministério Público não informou em qual cidade.

Uma das duas pessoas presas é a dona da empresa “SS Contabilidade & Consultoria”, de Crateús, Antonia Shirley Maria Soares Azevedo, que presta serviços de contabilidade para a câmara.

EX-CONTROLADORA DA PREFEITURA DE CASTELO FOI UMA DAS PESSOAS PRESAS

Antonia Shirley Maria Soares Azevedo foi Controladora da prefeitura de Castelo do Piauí, na região dos Carnaubais, nos últimos 03 anos. Ela foi nomeada para o cargo pelo cunhado, o prefeito Magno Soares, através da portaria Nº 010/2017, de 02 de janeiro de 2017.

O Em Foco falou com o prefeito Magno Soares e ele disse que a servidora comissionada foi exonerada no mês passado. Questionado o motivo da exoneração, Magno disse que a informação não competia ao repórter.

O Em Foco fez pesquisa no Diário Oficial dos Municípios e não encontrou a portaria de exoneração da servidora no mês citado pelo prefeito, voltando a fazer contato com o gestor. Ao ser questionado sobre o número e data da portaria, o prefeito disse que queria mesmo saber era qual a ligação que tem um processo lá no Ceará com Castelo?

As suspeitas que levaram à prisão da empresaria do ramo de contabilidade em Crateús-CE, não tem nenhuma ligação com a sua atuação como Controladora na prefeitura de Castelo, mas trata-se de um Agente Público, ocupante de um dos mais altos cargos na administração do município.

O prefeito disse que não sabe o número da portaria, nem data, nem se a portaria foi publicada, porque quem cuida disso é assessoria. A reportagem pediu o contato do responsável e o prefeito mandou procurar aí [no diário oficial] e desligou o telefone.

 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados