Curta a nossa página
 
06/02 21h42 2018 Você está aqui: Home / Capitão de Campos Capitão de Campos Em Foco Imprimir postagem

Capitão de Campos

Capitão de Campos Em Foco

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Capitão de Campos Em Foco - com Capitão de Campos

A política do tapinha nas costas acabou, diz prefeito de Capitão de Campos ao prestar contas

O prefeito de Capitão de Campos, Francisco Medeiros de Carvalho Filho “Tim Medeiros” (PSB) prestou contas do primeiro ano à frente da gestão municipal. Além de audiências públicas, o gestor fez uma revista que traz as realizações em todas as secretarias.

Tim Medeiros disse que a marca de sua administração tem sido a transparência e investimentos. O gestor usa seu perfil pessoal no facebook para divulgar realizações e trocar diálogo com a população. Ele criou ainda o “disk cidadão” com seu próprio WhatsApp disponível para falar direto com quem tem alguma reclamação a fazer.

“Uso meu facebook, o portal da prefeitura, audiências públicas, vou nas Comunidades conversar com os moradores e isso tem nos ajudado a fazer o próprio cidadão a entender como funciona a gestão. E já percebemos um entendimento forte por parte da população, além de uma clareza em nossas ações e um sentimento de que a coisa está andando. Isso tem feito a gente trazer muitos resultados positivos para Capitão de Campos.”

Em um ano, segundo o prefeito, já foram construídas 18 salas de aula, todas com recursos próprios. A Escola Maria dos Remédios vai ganhar um refeitório climatizado e a merenda será self-service. “A educação precisa trabalhar até mesmo a alimentação da criança, comportamento, convivência, entre outros valores” disse o prefeito ao ser questionado sobre cada aluno se servir.

É NA CRISE QUE O BOM GESTOR CRESCE

O prefeito disse que o país passa por uma crise financeira, mas o gestor não pode se esconder na crise para não fazer nada. Pelo contrário, tem que superar com ações efetivas. “Não temos ajuda de ninguém [governo, emendas] aqui. Tudo é feito com recursos do município. Já comprei ônibus para os pacientes se deslocarem a Teresina; uma caminhonete para a administração; e agora vou comprar um trator para o homem do campo. Aos poucos, vamos realizando várias ações importantes.

EDUCAÇÃO TEM QUE SER A PRIORIDADE

“Fazer gestão hoje é muito difícil. Tem que fazer hoje, pensando no amanhã. A educação tem que ser prioridade. Não aquela linguagem política de dizer que a Educação vai ser prioridade. Ela precisa ser prioridade. Melhoramos muitas escolas, pagamos os professores acima do piso nacional e temos tidos bons resultados. A educação pública não pode ter medo da educação privada. Temos que fazer as cosias acontecer e fazer até melhor.”

Prefeito acompanhando reformas na Escola Maria dos Remédios, que vai receber auditório e refeitório climatizado

VÍCIOS DA POLÍTICA DO TAPINHA NAS COSTAS

Tim Medeiros disse que enfrentou muitas resistências, até mesmo de aliados, para acabar com a política do tapinha nas costas. “Tirei costumes e vícios da administração pública e passei a investir em uma gestão de qualidade para todos. Os resultados são satisfatórios. Os cidadãos de Capitão de Campos estão entendendo as mudanças. A iluminação pública está presente, a coleta do lixo, saneamento básico, resolvemos os problemas de desabastecimento d’água, perfuramos mais de 15 poços tubulares e implantamos mais de 10 caixas dágua novas de 15 mil litros. Isso na zona urbana e rural” disse.

O prefeito disse ainda que não sabe se está certo, mas pode dizer que alguma coisa tem que mudar na forma de administrar os municípios nesse país.

“Esse sistema politiqueiro do tapinha nas costa, beijinho pra cá e pra lá não funciona mais. As pessoas têm acesso às informações, as redes socais. Coisas que antes era feita as encobertas, hoje tem os sites, os impressos, as redes sociais e todos têm a oportunidade de tomar conhecimento e se manifestar. Ou os políticos e a política mudam, ou os políticos ficam pra trás, estão perdidos” concluiu.

Prefeito mostra a Avenida Santos Dumont, com nova arborização e passarela. Obra perto da conclusão

DESAFIO PARA 2018

“Fazer enxugamento de folha na hora necessária. Envolver os funcionários que são prestadores de serviço da Comunidade. Pagar esses servidores em dias, e realizar mais melhorias para o município. Que Deus continue me dando fé e vontade de lutar e não perder o foco que é possível fazer. De “tiquim” em “tiquim”, vamos alcançar melhores resultados. A transformação já acontece em nosso município, mas vamos avançar mais ainda. ”

Da Redação em Campo Maior


  Tags:

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados