Curta a nossa página
 
02/05 02h38 2017 Você está aqui: Home / Capitão de Campos Capitão de Campos Em Foco Imprimir postagem

Capitão de Campos

Capitão de Campos Em Foco

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Capitão de Campos Em Foco - com Capitão de Campos

Ex-Policial vai a Juri popular pelo assassinato da esposa em Capitão de Campos

O ex-subtenente da Policia Militar será julgado por assassinar a esposa na cidade de Capitão de Campos com vários tiros de pistola .40 em 2014.


O ex-subtenente da policia militar Hugo Viana Lino, irá a Júri Popular no dia 10 maio na comarca de Capitão de Campos-pi, a 134 km de da capital Teresina, ele será julgado pelo assassinato da sua esposa Neyliva da Costa Oliveira ocorrido no dia 20 de abril de 2014 dentro da sua própria casa na cidade de Capitão de Campos.

 

A decisão foi proferida pelo juiz MM. Silvio Valois Cruz Junior da comarca da cidade  e publicada no Diário Oficial da Justiça Estadual em 29 de março deste ano.

 

Hugo Viana foi pronunciado para que seja submetido a Júri Popular no dia 10/05/2017 as 9h no forum de Capitão de Campos. O ex policial responderá perenate o Tribunal do Júri da comarca de Capitão de Campos por homicídio qualificado, considderado hediondo pela Lei Maria da Penha, dentre outros agravantes. A defesa de Hugo ainda entrou com um recurso pedindo que ele não fosse julgado na cidade, caso que foi desconhecido pelo juiz da comarca que garantio o julgamento para a cidade onde aconteceu o crime.

 

 

EXPULSÃO DA PM 
A corregedoria da Policia Militar do Piauí negou o recurso da defesa de Hugo Viana Lino, expulso desde o dia 12 de dezembro de 2016, a decisão foi publicada no dia 27 d março deste ano no Diario Oficial, em que o concelho de disciplina da PM manteve a decisão de expulsar do policial que é acusado pelo  assassinato de sua esposa em 20 de abril de 2014, a coregedoria recebeu o recurso da defesa mais negou-o, desta forma foi subscrito  a decisão pelo Comandante Geral da PM, coronel Carlos Augusto.  Defesa alegava que Hugo tinha problemas de saúde e que ja deveria ter sido posto na reserva a muito tempo antes  do crime, segundo a defesa ele não tinha condições de desenvolver suas funções inclusive usando usando arma de fogo.

 

 

COMO OCORREU O CRIME
Já era o início da noite de 20 de abril de 2014 quando o então subtenente Hugo Viana disparou vários tiros de pistola .40 contra sua esposa Neylívia da Costa Oliveira ocasionando sua morte dentro de sua casa sem direito de defesa, o casal estavam juntos a aproximadamente dois anos, mas, ultimamente estavam vivendo uma relação conturbada, segundo informações eles tinham decidido separar na quinta-feira e ele tinha volta para Teresina, só que no domingo ele retornou e procurou-a propondo a volta, ela como sempre foi muito apaixonada pelo policial, resolveu dar uma nova chance ao relacionamento, segundo visinhos eles passaram boa parte do dia na casa onde viviam, e ja no fim do dia eles começaram a discutir e logo ali já ouviram os disparos e os gritos da mesma, contam os vsinhos que ela ainda ameaçou chamar o pai e ele disse para ela chama-lo que iria mata-la depois matava o sogro, o qual ele detestava pelo fato dele não aceitar o relacionamento do casal, depois do crime ele ficou  dentro de casa e quando opoliciamento da cidade que na época era comandada pelo sargento Seixas que também foi recebido a bala, que, inclusive ainda foi atingido de raspão e seguida o reforço da Força Tática de Piripiri chegou e efetuou a prisão do assassino, Hugo esta preso desde o dia do crime e agora vai a Júri Popular no dia 10 de maio.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados