Curta a nossa página
 
24/11 18h21 2016 Você está aqui: Home / Jatobá do Piauí Da Redação/Jatobá do Piauí Imprimir postagem

Jatobá do Piauí

Da Redação/Jatobá do Piauí

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Da Redação/Jatobá do Piauí - com Jatobá do Piauí

Jovem que matou o tio em Jatobá do Piauí conta detalhes do crime

No depoimento, Iraldo Araújo contou que passou o dia na companhia do tio, que mais tarde foi assassinado por ele.

O jovem Iraldo Pinheiro de Araújo, de 19 anos, assumiu ser o autor da lesão a faca que vitimou faltamente seu tio, o agricultor Silvestre Pinheiro Araújo, 42 anos de idade, ocorrido por volta das 02:00hs da manhã desta quinta-feira (24/11) na cidade de Jatobá do Piauí (134 km ao norte de Teresina).

 

Iraldo e disse que matou o tio depois que o mesmo feriu Geraldo Pinheiro Araújo Filho, que vem a ser irmão de Silvestre e pai de Iraldo. Segundo o delegado Laércio Evangelista, que irá conduzir o processo, Iraldo disse em depoimento que passou o dia na companhia do tio, que se dava bem com ele. Que os dois foram juntos à cidade de Nossa Senhora da Nazaré pegar dinheiro de corte de palha de carnaúba e voltaram para Jatobá consumindo bebidas alcoólicas pelo caminho. Sua ultima parada antes de chegar à cidade de Jatobá foi no local “Morro Doce” ou Morada Nova.

 

Iraldo durante depoimento na delegacia de Campo Maior

 

Disse ainda que por volta de 23:00hs chegaram na Praça Nossa Senhora das Graças, onde acontece o festejo da cidade, e foram para uma barraca de uma irmão de Silvestre [sua tia], onde também já estava o pai de Iraldo, o Geraldinho. Silvestre, já bêbado, começou a ameaçar de morte um homem que teria se separado de sua sobrinha. Neste momento, Geraldinho pede que o irmão se acalme, que ele não vai matar ninguém, mas Silvestre agride o irmão com um facão.

 

Geraldo na delegacia, aidna com as roupas sujas de sangue. Irmão da vítima e pai do assassino confesso

 

Um homem identificado por Marco Antonio da Conceição Silva sai de moto levando Geraldinho e Iraldo, mas próximo a uma drogaria, na Avenida Francisco Oliveira, a corrente da moto cai. Enquanto Marco Antonio e Iraldo tentavam recolocar a corrente da moto, chega Silvestre e tenta agredir Iraldo pelas costas. O Pai de Iraldo entra para defender o filho e recebe outro “pano” de facão, que, segundo o delegado, lesionou o nariz. Neste instante, Iraldo sacou de uma faca e deu um golpe fatal no pescoço de Silvestre que caiu e morreu no local. Uma ambulância ainda foi acionada, mas o homem já estava sem vida.

 

 

Geraldinho e Marco Antonio e Iraldo foram detidos e levados para a cidade de Campo Maior. Os dois primeiros prestaram depoimentos e foram liberados, por que não tiveram participação no delito. Já Iraldo assumiu o crime foi preso e autuado em flagrante delito por homicídio qualificado, por motivo fútil, e ficará a disposição da justiça.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.