Curta a nossa página
 
03/10 08h42 2016 Você está aqui: Home / Jatobá do Piauí Da Redação/Jatobá do Piauí Imprimir postagem

Jatobá do Piauí

Da Redação/Jatobá do Piauí

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Da Redação/Jatobá do Piauí - com Jatobá do Piauí

Em Jatobá do Piauí, candidato faz campanha com outro número, mas não foi o único

Candidato é irmão da esposa do secretário de segurança do Piauí, Fábio Abreu, e era considerado favorito a se eleger, principalmente depois de várias ações no município.

O candidato a vereador Valdeck Eduvirgem de Macedo (PTB), da cidade de Jatobá do Piauí (134 km ao norte de Teresina) conseguiu o proeza de realizar campanha durante 45 dias sem saber o próprio numero. Enquanto ele escolheu o numero 14111, a coordenação de campanha de seu grupo político registrou na justiça eleitoral o numero 14567 e assim ficou.

 

Ontem, dia da votação, conforme informação colhida pela reportagem do Em Foco no município, alguns eleitores reclamaram que a foto do candidato não estava aparecendo na urna, mas nem ele mesmo levou a sério a informação. Nenhum dos eleitores atentaram para a mensagem sobre o não registro do númeroque saia na tela da urna eletrônica, em vez de seus dados.

 

A coordenação de campanha tenta argumentar que tudo foi registrado em ata no dia da convenção e vai tentar a contabilização dos votos, que neste caso, aparecem coo voto de legenda. O candidato apareceu na apuração final com apenas um voto.

 

 

Valdeck é irmão da esposa do secretário de segurança do Piauí Fábio Abreu, Rita Macedo, e era considerado um dos favoritos a se eleger, por ter se destacado no municipio com algumas ações, como uma verba de mais de um milhão de reais, destinado de uma emenda do Fabio Abreu, para a recuperação de  trechos de estradas vicinais pelo município. 

 

 

 

A justiça eleitoral em Campo Maior afirmou que na hora do registro do número do candidato, leva-se em conta a documentação individual de cada um e não o que se encontra na ata da convenção, e que mesmo depois de registrado é feito audiência para a correção de possíveis erros e alterações. Os candidatos, inclusive, assinam uma ficha já retirada do site da justiça eleitrla, depois de registrado os dados, aprovando que estão correntos.

 

TEVE OUTRO CASO

A lambança de Jatobá do Piauí não foi a única no Brasil neste pleito. Na cidade de Guajará-RO, a candidata a vereadora Edilamar Quintão Pimentel (PTN-RO) também passou pelo mesmo problema. O número correto da candidata era 19.789, porém material de campanha saiu com o número 19.159. Nos dois casos não há o que ser feito.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.