Curta a nossa página
 
30/09 12h13 2016 Você está aqui: Home / Jatobá do Piauí Da Redação/Jatobá do Piauí Imprimir postagem

Jatobá do Piauí

Da Redação/Jatobá do Piauí

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Da Redação/Jatobá do Piauí - com Jatobá do Piauí

Homem é preso com arma de fogo, quando seguia para Jatobá do Piauí

A polícia fazia blitz no reforça as eleições municipais quando encontrou um revólver em um dos carros vistoriados.

Policiais que reforçam a segurança da eleição municipal na cidade de Jatobá do Piauí (134 km ao norte de Teresina), depois que o prefeito Dalberto Rocha foi agredido, mantido em cárcere sob a mira de uma faca e ameaçada de morte, prenderam um homem por ilegal de arma de fogo.

 

A equipe de policiais militares, comandada pelo Capitão Frazão, fazia uma blitz na rodovia PI-320, entre os povoados Bananeira e Tucuns, vistoriando todo carro que passava. Em um deles, a polícia encontrou um revólver em poder de Paulo Celestino da silva, de 38 anos.

 

A polícia informou que o homem seguia de Campo Maior com destino a jatobá do Piauí, mas Paulo não informou a origem da arma e nem se pretendia usá-la em alguma ação. O homem foi transferido para a Delegacia Regional de Campo Maior e, como o crime é afiançável, se pagar será liberado ainda nesta sexta-feira.

 

 

Foi o 2º Caso de arma de fogo apreendida em Jatobá nos dias finais de uma campanha eleitoral

A prisão de Paulo Celestino e a apreensão de uma arma de fogo é o segundo caso em Jatobá do Piauí em período eleitoral. Na eleição municipal de 2012, na sexta-feira, dia 05/10, dois dias antes do pleito, uma ação conjunta das Polícias Civil, Militar e Federal, prenderam um candidato a vereador.

 

Na época, o então promotor de Justiça de Campo Maior Dr. Cláudio Bastos, foi quem esteve na ação e afirmou para a imprensa que a policia recebeu a denúncia de que havia um grupo de pessoas fazendo blitz na entrada da cidade, sem serem policiais. 

 

 

O promotor afirmou que ao chegarem no local, o candidato estava em atividade suspeita e ao se aproximaram, a polícia apreendeu uma pistola 380 e um revolver calibre 38, ambos municiados. Valdeck confessou que as armas lhe pertenciam e que tinha o registro, no entanto não possuia o porte. Sua alegação foi baseada na legitima defesa por morar sozinho.

 

HOMEM QUE AMEAÇOU PREFEITO DE MORTE CONTINUA PRESO

Continua preso na Delegacia Regional de Campo Maior, Erisvaldo Visgueira da Silva, vulgo "Carioca". Ele foi preso na noite de quarta-feira na cidade de Jatobá do Piauí, depois de manter o atual prefeito da cidade, e candidato a reelição, Dalberto Rocha (PP) sob cácere, turtura mediante o uso de um arma branca (faca) no pescoço da vítima, agressão e ameaça de morte. Quando liberou o candidato, passou a fazer a mesma coisa coisa contra Rubens Andrade, filho do candidato. O caso foi denunciado em Campo Maior e imediatamente uma equipe de policiais sairam á procura do mesmo. Além de Carioca, também participou da ação o ex-vereador Marcos Bandeira, que não foi localizado pela polícia. 

 

 

Segundo o Boletim de Ocorrência, Dalberto visitava uma família no Assentamento Barro Vermelho quando foi surpreendido pelos dois homens em uma moto. "Carioca dizia o tempo todo que iria me matar e mesmo que eu vencesse a eleição não assumiria. Já Marcos Bandeira retirou tudo que estavam eu meus bolsos" relata Dalberto. 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados