Curta a nossa página
 
05/05 13h16 2021 Você está aqui: Home / Penso, logo escrevo Weslley Paz weslleypaz@gmail.com

A lei na Câmara de Campo Maior é: quem tiver asa que voe

O duelo de titãs tentará provar quem mais roubou a frente da prefeitura de Campo Maior. O desafio está sendo lançado pelo vereador Neto dos Corredores. Neto tem trilhado um caminho idêntico ao do ex-vereador Edvaldo Lima que foi aliado de todos os prefeitos e em sua maioria atuou como líder na Câmara. A diferença está no comportamento. Enquanto Edvaldo preferia defender os prefeitos falando de coisas positivas, Neto segue outra linha, preferindo fazer ameaçar de irá investigar supostos crimes administrativos cometidos por gestores aos quais ele foi aliado até ontem e que hoje estão em lados opostos.

Na sessão desta terça (05), Neto partiu para a ofensiva contra o Vereador Zacarias Neto. Zacarias vem denunciando alguns crimes que, segundo ele, estão sendo cometidos pela atual gestão tais como contratos sem licitação para comunicação e combustível em valores que ultrapassam os limites permitidos por lei, a contratação de servidores sem concurso e o alto nível de nepotismo, que é uma marca da gestão Félix.

Neto insinuou que abrirá uma CPI para investigar atos do ex-presidente da Câmara, Fernando Miranda, a quem foi "muito amigo” na legislatura passada, sendo Fernando um dos responsáveis, juntamente com os irmãos Miranda (Marcelo e Manim), por convencer Neto a aderir ao ex-prefeito Professor Ribinha.

Na tribuna, Zacarias disse que a gestão de João Félix é um ‘retrocesso total’, e que para piorar, só tem autonomia os secretários que são parentes do prefeito.  “Os secretários não tem autonomia para comprar sequer uma vassoura”, repudiou. Neto, por sua vez, tomou as dores do Prefeito e avançou contra o colega. Na opinião de Neto, a atual legislatura tem investigar é assuntos do passado e não perseguir o prefeito atual.  “Vamos procurar o que ficou pra trás”, disse em tom de ameaça o líder do prefeito.

Pelo visto, a lei na Câmara de Campo Maior é: quem tiver asa que voe e quem tiver rabo de palha evite passar perto de fogo. Os dueladores só devem atentar para impacto que isso pode causar na sua vida política e dos seus “ladrões de estimação” antes de iniciar a queda de braço. E para você, quem ganha com essa disputa?


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.