Curta a nossa página
 
04/03 11h29 2019 Você está aqui: Home / Cidades Da Redação Imprimir postagem

Funcionário de pizzaria espanca e mata ex-esposa a pauladas no interior do Piauí

Uma mulher identificada por Francisca Gorete foi espancada e morta a pauladas no município de Picos, por volta das 03hs da madrugada desta segunda-feira (04/03). O corpo foi encontrado por uma pessoa em frente ao Colégio das Irmãs na rua Monsenhor Hipólito.

De acordo com o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Picos, Edwaldo Viana, o suspeito foi identificado como  Antonio José da Silva e trabalha numa pizzaria próximo ao local do crime. Ele é ex-marido da vítima. O crime teria sido motivado por um desentendimento relativo ao pagamento de pensão alimentícia

"O Copom recebeu uma ligação telefônica onde uma pessoa falou que em frente ao Colégio das Irmãs tinha um corpo estendido no chão e que tratava se de uma mulher que tinha sido espancada por um homem identificado apenas por Antonio", afirmou o comandante.

A Polícia Militar está em diligências pela cidades em busca do suspeito. O corpo da vítima foi encaminhado ao necrotério e aguarda identificação. 

Em um áudio atribuído ao garçom, que circular nas redes sociais, o acusado disse que foi ameaçado de morte pela vítima. “Ela disse que ia dar fim a eu, que eu não ia ver a luz do sol nascer não. Chegou na pizzaria enchendo o saco”, relatou.

Também no áudio Antônio relata que foi empurrado por Francisca Gorete nas imediações da agência dos Correios, na Praça Josino Ferreira. “Aí eu fui e quando chegou em frente ao Colégio das Irmãs eu fiz que ia urinar, porque eu sabia que tinha uns paus lá, aí peguei um pau e matei ela”, relatou.

Na mensagem de áudio ele diz ainda que vai se esconder, pois não pode ser preso no período de flagrante. “Deus me livre eu não posso ser pego agora não, antes de 24 horas não, só quando passar 24 horas”.


  Tags:

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados