Curta a nossa página
 
28/09 17h06 2015 Você está aqui: Home / Cidades Por Weslley Paz Imprimir postagem

CAMPO MAIOR: Situação aumenta o número de partidos aliados e oposição encolhe; CONFIRA

Veja como está o cenário atual na distribuição dos partidos entre os grupos políticos de Campo Maior. Nos bastidores o assunto já é palpitante.

A eleição municipal que acontecerá em outubro do próximo ano já iniciou nos bastidores da política campo-maiorense. As articulações e estratégias estão sendo realizadas de todos os lados. Candidatos a prefeito, a vereador e lideres partidários realizam reuniões para definir como enfrentarão o pleito do próximo ano.

 

Na eleição passada, realizada em 2012, o Prefeito Paulo Martins derrotou a médica Liége Cavalcante com uma diferença de 05 mil votos. Ele tinha o apoio de 13 partidos políticos e ela tinha 05.

 

Existem 34 partidos no Brasil, incluindo a recém-criada Rede Sustentabilidade. Destes, 26 possuem diretório municipal em Campo Maior.

 

CONFIGURAÇÃO ATUAL

 

Na atual conjuntura política local a oposição está mais enfraquecida do que no pleito anterior. Na eleição passada a médica Liége representando o ex-prefeito João Félix tinha o apoio de PDT / PPS / PSB / PSD / PT do B, mas atualmente eles contam apenas com PDT, PPS, PSD e PEN.

 

O grupo do Prefeito Paulo Martins se fortaleceu. De 13 passou para 16 partidos aliados. São eles: PMDB, PTB, PT, DEM, PCdoB, PSDB, PMN, PV, PTdoB, PP, PHS, PRP, PSL, PRB, PPL, SD e ainda há a possibilidade de mais adesões até o período das convenções.

 

PARTIDOS QUE NÃO PERTECEM A NENHUM DOS LADOS

 

O PTC é o único partido que já demonstrou uma postura neutra e lançou candidatura própria. PSC, PR e PTN continuam indefinidos. O PSB vive uma situação mais complicada. A sigla tem três vereadores na Câmara, porém dois são da base e um de oposição. No entanto, há dois pré-candidatos a prefeito, a médica Liége Cavalcante, que novamente manifestou interesse em disputar a prefeitura, e o ex-prefeito Marco Bona. Existe indefinição, inclusive, na presidência do partido. Cogita-se que o suplente de vereador assumirá a condução da agremiação, tirando poderes da pré-candidata Liége, atual presidente.

 

PRÉ-CANDIDATOS

 

Existem pelo menos cinco pré-candidatos a Prefeito. São eles Professor Ribinha, Liége, Marco Bona, Agenor Leite do PTC e Ribamar Coelho pela oposição.

 

O vereador Edvaldo Lima já declarou apoio irrestrito ao Professor Ribinha. A declaração foi na tribuna da Câmara. A presidente do parlamento municipal, Josenaide Nunes (PP) chegou a lançar a candidatura, mas já demonstrou interesse em ser vice na chapa da situação. O nome do médico Marco Pereira, que é especulado pela oposição não está na lista de pré-candidatos. A afirmação é dos próprios irmãos do médico, vereador Manim Pereira e o Secretário de saúde Marcelo Miranda que já definiram apoio ao Professor Ribinha.

 

Na situação, o deputado estadual Antônio Félix já desistiu de disputar o pleito e tem preferência pelo advogado Ribamar Coelho. E o PSB ainda não resolveu os problemas internos.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.