Curta a nossa página
 
31/05 10h52 2017 Você está aqui: Home / Cidades Por Otávio Neto Imprimir postagem

Foragido é preso fazendo levantamento para realizar assalto no centro de Campo Maior

A polícia acredita que Resende estivesse fazendo levantamento da movimentação das lojas para depois praticar assaltos

Um cerco policial na manhã desta terça (30) foi concluído com a prisão de Francisco das Chagas Barbosa Resende, 32 anos, no centro comercial de Campo Maior. Ele era procurado desde o último dia 19 quando conseguiu fugir pela terceira vez da Colônia Agrícola Major César. Resende é considerado perigoso e acusado de ameaçar policiais. 


A inteligência da Polícia Civil fez um levantamento e descobriu que o foragido se encontrava às margens do Rio Surubim, em Campo Maior, na companhia de uma mulher e uma criança caminhando com destino ao centro da cidade. A polícia realizou diligências no local indicado, mas não encontrou o homem suspeito de roubo, fruto e tráfico de drogas. 


“Por volta das 11 horas chegou outra informação de que ele estaria no centro da cidade, naquela região da Avenida Demerval Lobão. A polícia civil e a Força Tática montaram um plano para recapturar o Resende. Localizamos ele alí por trás do Paraíba, agimos rápido e o mobilizamos antes dele esboçar qualquer reação”, diz Cabo Bosco – que participou da prisão. 


A polícia acredita que Resende estivesse fazendo levantamento da movimentação das lojas para depois praticar assaltos, devido à forma audaciosa de agir na prática de assaltos e furtos. 


As fugas 
Resende já fugiu três vezes do sistema prisional do Estado. Em 2012, Resende fugiu da Major César. Dois após, a polícia o localizou na cidade de Piripiri. Em abril desse ano, Resende foi visto circulando por Campo Maior e logo depois em Boa Hora e Piripiri depois de conseguir fugir pela segunda vez. Preso dia 11, ele voltou a fugir dia 19 de maio. 

 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.