Curta a nossa página
 
05/09 08h47 2015 Você está aqui: Home / Cidades Por Weslley Paz Imprimir postagem

“Desconheço um prefeito que investiu mais em concurso do que nós”, diz Paulo Martins

Segundo ele, quando assumiu a gestão existia pouco mais de 30% de pessoas efetivadas e hoje ultrapassa os 70%.

O Prefeito Paulo Martins disse entrevista neste sábado (05) que nenhum gestor que passou pela prefeitura de Campo Maior nestes 253 anos de emancipação política efetivou tantas pessoas por meio de concurso público quanto ele. “Desconheço um prefeito que investiu mais em concurso do que nós”, diz o gestor.

 

Segundo ele, quando assumiu a gestão existia pouco mais de 30% de pessoas efetivadas na prefeitura e que a maioria eram pessoas contratadas irregularmente por indicação política e que hoje já são mais de 70% efetivos graças ao concurso público. “Na educação, por exemplo, temos 100% dos professores efetivos. Hoje são mais de 500 professores e quando assumimos eram somente 230”, informou.

 

O prefeito destacou que uma de suas bandeiras de luta, além da educação, é também a geração de emprego e renda e citou o quanto o município já avançou neste sentido. “No serviço social tinha uma pratica de colocar a primeira-dama e nós quebramos isso. Lá as pessoas damos condições às pessoas de conquistar conhecimentos que garantam a elas um futuro melhor, como, por exemplo , através do PRONATEC onde profissionalizamos mais de 4 mil pessoas. Outro ponto importante a destacar são o número de empresas que foram abertas durante nossa gestão. Quando assumimos eram apenas 55 e hoje são 1500 micro empreendedores. Essas pessoas se formalizaram e agora terão direito, inclusive, a previdência”, ressaltou.

 

O gestor citou a reforma de 100% dos postos de saúde, a troca da tubulação que faz a distribuição da água, a pavimentação asfáltica nas ruas e avenidas, a sinalização e organização do trânsito que de acordo com ele, nenhum outro prefeito teve coragem de fazer. Falou no incentivo no transporte universitário e na remuneração justa paga aos servidores.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.