Facebook
  RSS
  Whatsapp

  23:21

Motociclista flagra ônibus escolar dirigindo de ré na contramão da BR-343 em Altos (PI)

 Foto: Reprodução

Um motorista registrou imagens de um ônibus escolar transitando de marcha à ré na contramão na BR-343, entre Teresina e Altos, na manhã desta terça-feira (9). Conforme a Polícia Rodoviária Federal, a ação configura infração grave de direção perigosa, pela longa distância percorrida de ré.

Um motociclista, que não quis se identificar, foi quem fez o registro. Não se sabe a que velocidade o ônibus estava, mas conforme o vídeo, é possível ver que veículo trafega bem rápido de ré na rodovia, que está em obras.

O que diz o motorista do ônibus ​​

Em contato com o g1, a esposa do motorista (que preferiu não se identificar) contou que ele foi ameaçado pelo motociclista que filmou a cena. Segundo ela, o marido estava parado na rodovia, esperando a vez de passar por um bloqueio de estrada feito por conta de uma obra na pista, quando foi abordado pelo motociclista, que foi para a frente do ônibus e passou a xingá-lo, ameaçá-lo e a bater no ônibus, causando algumas avarias.

Se sentindo ameaçado, o motorista engatou a ré e fugiu do motociclista na contramão. Este seria o momento filmado pelo motociclista que o ameaçava. A fuga correu por algumas centenas de metros até que o motorista conseguiu se refugiar no espaço de uma venda de frangos, onde conseguiu ajuda das pessoas que trabalham no local, e o motociclista foi embora.

Ainda segundo a esposa, o motorista registrou um boletim de ocorrências sobre a situação em uma delegacia de Polícia Civil.

"Por que ele só foi filmar quando meu esposo já estava dando ré, com medo dele? Por que ele não filmou quando ele chegou, xingou meu esposo, batendo no ônibus, dizendo que ia matar ele? Meu esposo só se perguntava 'o que foi que eu fiz?'", lamentou a esposa do motorista.

Avarias que teriam sido causadas pelo motociclista que filmou o ônibus andando de ré, antes da cena filmada — Foto: Arquivo pessoal

Ainda não se sabe a que cidade pertence o veículo. A PRF informou que qualquer denúncia do tipo, nas rodovias federais, pode ser feita pelo 191. Veja posicionamento da PRF ao fim da reportagem.

Infração grave

Conforme Adel Barbosa, inspetor da PRF-PI, o condutor pode ser autuado conforme previsto pelo Código de Trânsito Brasileiro, que normatiza o uso da marcha à ré apenas para curtas distâncias, o suficiente para a realização de manobras.

No vídeo, o condutor trafega desta forma por um longo trecho, o que dificulta a visão e reação, caracterizando direção perigosa, definida como infração grave.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) transitar em marcha à ré em distâncias superiores às necessárias para manobras, é considerado infração grave. A multa é de cinco pontos na carteira de habilitação e R$ 195,23.

O inspetor diz ainda que não é possível definir a velocidade do veículo e este fator não configura infração. Contudo, o condutor estava bastante rápido na via andando de ré, o que coloca a ele, os possíveis passageiros e outros veículos em risco.

Via em obras 

A via está passando por alargamento e renovação do asfalto, o que normalmente já compromete o trânsito na região, principalmente nas primeiras horas da manhã.

Segundo o motociclista, aparentemente o motorista do ônibus não conseguiu passar pelo trecho em obras da estrada, então refez o caminho na contramão, de marcha à ré, colocando em risco a segurança dos que estavam próximos.

"Como está tendo uma construção na via, alguns lados prosseguem e outros ficam parados. Como o lado que ele transitava estava parado, ele jogou o ônibus na contramão e saiu cortando os outros veículos. Não indico para ninguém, mas para registrar o momento eu tirei o celular e filmei, para fazer a denúncia", contou o homem.

O vídeo de aproximadamente 30 segundos mostra o ônibus andando "de ré" na via oposta enquanto outros veículos transitam na faixa ao lado em sentido normal.

Ainda conforme o condutor que fez as imagens, o motorista quase causou um acidente após jogar o ônibus em direção aos motociclistas que passavam.

Em nota, a PRF informou que realiza monitoramentos na região, mas que as equipes não chegaram a flagrar o ônibus escolar na rodovia no momento da infração.

Confira:

A PRF no Piauí afirma que realiza fiscalização constante nesse trecho metropolitano entre as cidades de Teresina e Altos, realizando autuações em relação a condutores que descumprem as leis de trânsito, garantindo, assim, a segurança viária no local. E que qualquer situação adversa como essa, o cidadão pode ligar para o número 191, que a PRF prestará apoio na ocorrência.

 

 

Fonte: G1

Mais de Altos - PI