Facebook
  RSS
  Whatsapp

  02:06

Criança morre vítima de dengue; Piauí registra 16 óbitos pela doença este ano

 

O Piauí registrou 16 mortes por dengue, até o momento, em 2024. O caso mais recente foi o de uma criança que faleceu na capital, confirmado pela Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) nesta quinta-feira (6).

O número total de óbitos pela doença no estado em 2024 já corresponde a mais de quatro vezes o total em todo ano de 2023, quando o estado registrou quatro mortes.

Bom Jesus, no Sul do Piauí, foi o município com mais óbitos, com 7 no total. Seguido de Teresina, com 3, e Baixa Grande do Ribeiro 2. As demais cidades, Esperantina, João Costa, Manoel Emídio e Floriano registraram uma morte, cada. Veja caso a caso abaixo.

​​​Caso a caso

A criança que faleceu em Teresina foi o 16º óbito. Antes, uma adolescente de 15 anos de Floriano e um adolescente de 12 anos de Baixa Grande do Ribeiro, um homem de 55 anos e uma jovem de 26 anos em Bom Jesus, foram vítimas da dengue no estado.

A 11ª vítima foi a médica pediatra Laysa Lira, que morreu em Teresina, após seu filho de cinco anos. As mortes de mãe e filho em apenas 13 dias de diferença chocaram o estado. Antes, no final de abril, foi registrado o caso de uma mulher de 35 anos, em Esperantina.

A 8ª vítima da doença foi um paciente de 24 anos, com comorbidades, de Baixa Grande do Ribeiro. Não foram divulgados detalhes sobre a 7ª morte, registrada em Bom Jesus. Antes, no fim de março, um homem de 65 anos, morador de João Costa (1), também foi vítima da dengue.

Uma mulher de 77 anos foi a quinta vítima de dengue neste ano no Piauí. Ela era de Bom Jesus e estava internada no Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella, em Teresina. Antes dela, uma mulher de 31 anos, também de Bom Jesus, morreu da doença.

Uma mulher de 31 anos foi a terceira morte confirmada no estado. Ela era de Manoel Emídio e morreu em 21 de fevereiro. Antes dela, um comerciante de 51 anos, faleceu em Bom Jesus. A primeira morte por dengue confirmada no Piauí em 2024 foi a de um lavrador de 26 anos em Bom Jesus.

Fonte: G1

Mais de Saúde