Facebook
  RSS
  Whatsapp

  07:45

Golpe: BBB24 e enteada de Bolsonaro oferecerem o próprio pix para doações ao RS e são criticados

 Foto: Ganhador do BBB 24 divulgando o próprio pix e Letícia Firmo, enteada de Jair Bolsonaro

Davi Brito, campeão do BBB 24, vem sendo bastante criticado nas redes sociais após divulgar seu pix pessoal para incentivar os seguidores a fazerem doações para as vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul, na terça-feira (07). Além de Davi, Letícia Firmo, a filha mais velha de Michelle Bolsonaro e enteada do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) também ofereceu nas redes sociais sua própria conta bancária para receber pix de doações.

Devi recebeu alerta do X  

Em uma das postagens pedindo doação com o pix pessoal publicada no X (antigo Twitter), a plataforma fixou o alerta no tuíte do influenciador.

"Não há informações sobre o destino desse dinheiro. É um pix pessoal, sem explicação sobre prestação de contas ou qual é o objetivo da ação. Nenhum contexto foi dado para o público, portanto, não é possível saber se é seguro. O site abaixo ajuda a saber para quem doar", diz o alerta emitido pela plataforma.

Além do alerta do X, o influenciador, que acumula mais de 9 milhões de seguidores no Instagram, recebeu bastante críticas dos internautas.

“Dessa vez você se superou no nível de burrice, ninguém te avisou que não se coloca pix pessoal em doações humanitárias? Inacreditável um negócio desses”; “Coloque o pix de pessoas ou organizações que são de lá, faça algo certo pelo amor!!!! Aqui vai algumas”, apontaram alguns usuários.

Nesta quarta-feira (8), BBB publicou um print da sua conta com R$ 60 mil arrecado. Davi afirmou que prestará contas de tudo o que for comprado com essa quantia, inclusive usando notas fiscais.

Enteada de Bolsonaro

A filha de Michelle Bolsonaro, Letícia Firmo, usou o perfil dela no Instagram para pedir doações com pix pessoal, onde acumula mais de 70 mil seguidores e é privado. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo

Na postagem, Letícia citou os canais oficiais para doações e 16 pontos de coleta, além de passar o pix pessoal e afirmar que estaria à disposição para comprar itens de higiene pessoal e alimentos com o dinheiro que recebesse dos doadores.

Mais de Brasil