Facebook
  RSS
  Whatsapp

  19:03

Hospital de Campo Maior (PI) realiza cirurgia inédita na história da saúde da região

 

Na última semana o Hospital Regional de Campo Maior (HRCM), gerenciado pela Santa Casa de Misericórdia de Chavantes, conseguiu alcançar um marco importante na história da saúde da região, com a realização exitosa da primeira cirurgia de derivação biliodigestiva.

O procedimento consiste em desviar o fluxo de bile do fígado diretamente para o intestino, criando uma conexão cirúrgica entre os canais biliares e o órgão.

O procedimento, anteriormente disponível apenas em centros médicos especializados, agora está ao alcance da comunidade, o que representa um avanço significativo na prestação de serviços de saúde na região.  

O paciente, que enfrentava uma complicada obstrução biliar, necessitava urgentemente da cirurgia para tratamento adequado. Sob a liderança do cirurgião especialista em hepatobiliar, Elio Rodrigues, e em colaboração com o diretor clínico do HRCM, Luis Eduardo ,a operação, com duração de aproximadamente 3h30, foi bem-sucedida.

No momento, o paciente está em fase de recuperação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e mostra evolução promissora em seu estado clínico, e a equipe médica está otimista quanto à sua recuperação total.  

“Essa conquista representa um avanço na qualidade do atendimento médico local e abre portas para a realização de procedimentos mais complexos no hospital. Esperamos que, em breve, nosso hospital possa oferecer uma gama ainda mais ampla de serviços. Isso reduz a necessidade de deslocamento para outros centros de saúde”, ressaltou o diretor clínico, Luis Eduardo.

O presidente da Santa Casa de Misericórdia de Chavantes, Anis Ghattás Mitri Filho, afirmou que o objetivo em 2024 é ampliar os investimentos na unidade de saúde. “Os recursos alocados em 2023 possibilitaram melhorias significativas em várias áreas. Agora, em 2024, planejamos continuar esse progresso. Ao investir em saúde, investimos no futuro da nossa sociedade e promovemos um salto na qualidade de vida”, salientou.

Mais de Campo Maior