Facebook
  RSS
  Whatsapp

  13:53

Homem é operado após colocar coco de 9 cm nas partes íntimas

 Foto: Reprodução

Um homem de 56 anos deu entrada em um hospital de Taiwan com um coco preso no ânus. O paciente esperou dois dias antes de procurar atendimento médico e alegou que não conseguia urinar e queixou-se de fortes dores abdominais.

Nem o nome do paciente, a data que foi realizada ou o motivo pelo qual a fruta estava presa no ânus foi revelado. Os exames, publicados no jornal British Journal of Surgery, mostraram que a fruta estava alojada no reto, comprimindo a uretra e impedindo-o de urinar.

O coco, medindo 9 cm de comprimento, foi então extraído por laparotomia – operação que envolve a abertura do abdômen. Este tipo de procedimento envolve uma internação hospitalar de até cinco dias e um período de recuperação de seis a oito semanas, de acordo com o sistema de saúde britânico, porém, os médicos não revelaram quando o homem recebeu alta.

Os médicos não estranham mais este tipo de caso, visto que uma análise de dados do sistema de saúde inglês no ano passado revelou que cerca de 400 objetos “estranhos” são retirados dos ânus de britânicos todos os anos.

A inserção de objetos no reto pode acarretar uma série de riscos, como perfurar o intestino que pode ser fatal, pois o material do trato digestivo pode se espalhar para outras partes do corpo, causando uma infecção.

Fonte: O Globo

Mais de Mundo