Facebook
  RSS
  Whatsapp

  19:53

Mulher morre 10 dias após se queimar fritando ovo em casa

 

Elisângela Oliveira de Jesus, de 33 anos, morreu nesta segunda-feira (26), na Santa Casa de Limeira, no interior de São Paulo, após um acidente doméstico ao tentar fritar um ovo. Ela ficou dez dias internada e morreu após uma parada cardíaca, segundo a polícia.

O acidente aconteceu na casa de Elisângela, em Rio Claro, cidade vizinha a Limeira, no último dia 16. Segundo informações preliminares, ela esquentava óleo em uma frigideira e colocou o ovo em um copo antes de prepará-lo.

A suspeita é de que havia água no copo e que isso provocou um incêndio quando ela colocou o ovo na frigideira quente. As labaredas atingiram Elisângela e suas roupas.

O marido da vítima conseguiu apagar o fogo e pedir ajuda, mas Elisângela ficou bastante queimada. Ela foi atendida em um hospital da cidade e depois transferida para a ala de queimados da Santa Casa de Limeira.

A mulher passaria por uma cirurgia, mas morreu após sofrer a parada cardíaca. Ela deixa uma filha de 1 ano e 8 meses. O enterro está marcado para as 17h desta segunda-feira no Cemitério Municipal de Itirapina.

O Metrópoles pediu à Secretaria da Segurança Pública (SSP) mais detalhes sobre a ocorrência, mas não obteve retorno. O espaço está aberto. A Santa Casa de Limeira também não forneceu detalhes sobre o caso.

Fonte: Metrópoles

Mais de Brasil