Facebook
  RSS
  Whatsapp

  14:13

Dono de loja acusado de homicídio é morto a tiro dentro de sua loja em Cratéus-CE

 Vítima e suspeito

No início da manhã desta terça-feira (06), o proprietário de uma loja de motos identificado como Raimundo Denório Lopes Jerônim, de 39 anos, foi vítima de um homicídio em seu estabelecimento. O crime aconteceu por volta das 7h, no município de Crateús, no Ceará.

Segundo informações, a vítima estava na sua loja de motos com o filho, quando chegou um dos suspeitos armado, anunciou o assalto, e colocou as vítimas de joelhos exigindo dinheiro. Após a ação, o suspeito atirou nas costas do proprietário. O filho da vítima conseguiu correr e o pai sofreu mais disparos.

A vítima ainda tentou reagir jogando cadeiras no elemento, quando um Policial Militar identificado como Teixeira, que mora perto da loja, viu o filho da vítima correndo, foi até a loja e anunciou que era policial. O elemento ainda tentou atirar contra o PM, mas a arma não disparou e ele conseguiu sair correndo, mas foi atingido na coxa pelo policial.

Após o tiro, o indivíduo caiu no chão e foi socorrido por populares e levado ao hospital de Creteús. A Polícia Militar foi até o local do crime, depois ao hospital e deu voz de prisão ao suspeito, identificado como Carlos Felipe Santos de Oliveira, vulgo Cabeludo, de 24 anos. A arma utilizada por ele não foi localizada e, segundo populares, ele teria entregue para outra pessoa no momento que foi atingido. O elemento preso já é suspeito de outros crimes como homicídio e assaltos.

A polícia acredita que não era para ser um assalto, e realmente um homicídio, pois o suspeito não levou praticamente nada.

VÍTIMA JÁ ERA ACUSADO DE UM HOMICÍDIO

O proprietário da loja já era acusado de ter sido o mandante de um crime que aconteceu no dia 18 de outubro de 2016, no Ceará. 

A vítima foi um homem identificado como Antônio Bosco, de 42 anos, que foi morto à tiros, possivelmente por engano. Depois de uns dias, Denório foi preso junto de outras duas pessoas.

Com informações do TonySales e TvZapNews

Mais de Polícia