Facebook
  RSS
  Whatsapp

  13:32

Catuaba e cachaça são eleitas as piores bebidas brasileiras, segundo site gastronômico

Veja a lista completa do ranking das piores bebidas alcoólicas brasileiras

 Catuaba com gelo - Foto: Divulgação

A popular e tradicional catuaba foi eleita a pior bebida alcoólica do Brasil, de acordo com as avaliações do site gastronômico TasteAtlas. Tipicamente brasileira, ela é preparada com vinho, álcool etílico, açúcar, xarope de maçã e extratos de guaraná, marapuama — raiz amazonense — e catuaba, de onde vem seu nome.

No site — que conta com um público formado majoritariamente por estrangeiros —, a catuaba foi descrita como uma bebida “doce, de cor escura, barata e, portanto, bastante popular no Brasil”. Apesar da má performance no ranking, o líquido, com supostos efeitos afrodisíacos, recebeu a nota 3,1 (dos 5 pontos possíveis).

Em segundo lugar, outra bebida bastante consumida pelos brasileiros foi mal avaliada: a cachaça, com 3,7 pontos. O destilado de cana-de-açúcar foi apresentado como uma das bebidas mais antigas do país. Sua origem remete ao início do século 17, sendo inicialmente chamada de “aguardente de cana”.

Já a cajuína ocupa o terceiro lugar do ranking das piores bebidas brasileiras, com 3,8 pontos. Típica do Nordeste e fabricada principalmente no estado do Piauí, a bebida é feita a partir do suco do caju, que é filtrado e clarificado, resultando em um líquido amarelo e brilhante.

As classificações alimentares do TasteAtlas levam em consideração as avaliações do público internacional do site, por meio de votos e mecanismos que eliminam palpites potencialmente ligados aos bots ou “nacionalistas”. Ainda de acordo com o portal, os rankings não devem ser vistos como uma conclusão final sobre o tema.

Confira o ranking completo com as sete piores bebidas do Brasil:

1.Catuaba 3,1 ⭐⭐⭐

2.Cachaça 3,7 ⭐⭐⭐⭐

3.Cajuína 3,8 ⭐⭐⭐⭐

4.Tucupi 3,8 ⭐⭐⭐⭐

5.Caju Amigo 3,8 ⭐⭐⭐⭐

6.Caipirosca 3,9 ⭐⭐⭐⭐

7.Quentão 3,9 ⭐⭐⭐⭐

Fonte: Metrópoles

Mais de Brasil