Curta a nossa página
 
09/04 10h14 2021 Você está aqui: Home / Mundo Bianca Viana Imprimir postagem

Morre príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth, na Inglaterra

O anúncio foi feito através das redes sociais da família britânica.

Príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth 2ª, morreu aos 99 anos nesta sexta-feira (09) no Castelo de Windsor, residência real localizada na cidade de Windsor em Berkshire, Inglaterra, Reino Unido. A notícia foi confirmada através de um anúncio feito através das redes sociais da própria família britânica. A causa da morte não foi divulgada.

"É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anunciou a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo. Sua Alteza Real faleceu pacificamente esta manhã no Castelo de Windsor. A Família Real junta-se a pessoas de todo o mundo no luto por sua perda", diz o comunicado.

O príncipe foi internado no hospital King Edward VII no dia 16 de fevereiro, em Londres. De acordo com a coroa, ele estava tratando de uma infecção. Philip chegou ainda a fazer um procedimento no coração em outro hospital, o St Bartholomew, no dia 5 de março. 

Com alta hospitalar no dia 16 de março, após cerca de um mês internado,  Philip já tinha recebido a primeira dose da vacina contra a covid-19, assim como a mulher, rainha Elizabeth. A família retirou o site oficial do ar e colocou uma homenagem para o companheiro de Elizabeth, que completaria 100 anos em junho.

O casal real britânico

O casamento de Philip com Elizabeth aconteceu em 1947, cinco anos antes de ela ser alçada ao trono, com a morte do pai, o rei George VI. Desde então, Philip, que também ostentava o título de Duque de Edimburgo, tornou-se o mais longevo consorte e o homem mais velho da História da monarquia britânica.

O casal real teve quatro filhos, sendo o príncipe Charles, a princesa Anne, o príncipe Andrew e o príncipe Edward, nascidos entre 1948 e 1964. O Duque de Edimburgo incomodava-se de não poder batizar as crianças com o próprio sobrenome, pois Elizabeth queria manter o nome da Casa Real de Windsor. A divergência foi resolvida com um acordo em 1960, quando o casal decidiu que, embora a casa fosse continuar a se chamar Windsor, os descendentes carregariam também o sobrenome Mountbatten, versão inglesa do Batemberga de sua família materna que omitia o vínculo com a Alemanha.

Aposentadoria de deveres oficiais

A aposentadoria de Philip ocorreu em agosto de 2017, aos 96 anos. O príncipe cumpriu 22.219 compromissos oficiais, e, em 20 de novembro daquele ano, completou o 70º aniversário de casamento com a rainha, que foi a primeira monarca a comemorar um aniversário de casamento de platina no contexto britânico. 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados