Curta a nossa página
 
17/12 19h30 2020 Você está aqui: Home / Política Alecio Rodrigues Imprimir postagem

Toninho da Caridade se fortalece para ser o novo presidente da APPM

O gestor afirmar ter o apoio de outros 76 prefeitos, número que pode chegar, segundo ele, a 120 na próxima semana

Reeleito para o cargo de prefeito da cidade de Caridade do Piauí, na região Sul do estado, Antoniel de Sousa Silva, o Toninho (PSD), tenta agora angariar uma quantidade de apoios suficientes para conseguir chegar à presidência da Associação Piauiense de Municipios (APPM), pleito a ser disputado no próximo ano.

Além do PSD, seu partido, o gestor reúne na sua chapa integrantes do PP, MDB, PT e PTB, siglas que reunidas conquistaram a maioria das prefeituras piauienses nas Eleições Municipais 2020. Segundo Toninho, cerca de 76 prefeitos já manifestaram apoio a ele por escrito, mas a previsão é ampliar ainda mais esse quantitativo.

"Temos uma chapa suprapartidária, todos os partidos terão participação. Nossa expectativa é que, até a próxima semana, consigamos chegar a eleição da APPM. É isso que temos buscado", disse o prefeito.

Para tanto, Toninho tem intensificado essas conversas durante cafés da manhã que estão sendo promovidos pela entidade com prefeitos eleitos e reeleitos, como o marcado para esta sexta-feira (18), em Floriano, que deve reunir o gestor local e da região do Vale dos Rios Piauí e Itaueiras, Tabuleiros do Alto Parnaiba, Serra da Capivara, e Chapada das Mangabeiras.

O evento, que já passou por Teresina, Parnaíba e Picos, busca discutir com cada um dos prefeitos, eleitos e reeleitos, ações relativas à boa condução das gestões municipais. Nessas ocasiões, Toninho tem reforçado aos colegas a importância de uma maior aproximação da APPM junto aos municípios.

"Queremos descentralizar as ações, dando apoio às regionais, para que possamos fazer cursos de capacitação, principalmente para os gestores em seu primeiro mandato. Precisamos nos aproximar também dos órgãos de controle, para estarmos sempre em sintonia com a Lei de Responsabilidade Fiscal", apontou o prefeito.

Além disso, outro ponto destacado pelo postulante ao comando da APPM no próximo biênio é a necessidade de aumentar a capacidade de arrecadação municipal, sobretudo em cidades bastante dependentes de transferências constitucionais. "Precisamos buscar alternativas para melhorar este quadro e ampliarmos a captação de outros recursos", concluiu. 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.