Curta a nossa página
 
18/06 15h40 2020 Você está aqui: Home / Geral Bianca Viana Imprimir postagem

PI: Prefeito alega que reabertura do comércio não tem 'ligação' com aumento de casos de Covid-19

A retomada das atividades econômicas em Picos é alvo de contestação do Ministério Público Estadual.

O prefeito de Picos, Valmir Lima (PT), disse nesta quinta-feira (18) que o decreto municipal que flexibilizou a retomada do comércio na cidade continua em vigor. Uma reunião avaliou a situação epidemiológica da cidade e, segundo o gestor, o aumento de casos de coronavírus “não tem ligação direta com o comércio”.

A retomada das atividades econômicas em Picos é alvo de contestação do Ministério Público Estadual. O órgão ingressou com uma ação civil pública para que sejam anulados atos da prefeitura da cidade sobre a retomada de atividades comerciais e religiosas na cidade.

Picos está em flexibilização das atividades, feito de forma gradual. Na cidade, são 326 casos confirmados de coronavírus e seis mortes por conta da Covid-19. O governo do estado é contra cidades apresentarem planos próprios de retomada. O governador Wellington Dias (PT) alertou que o processo pode virar "bagunça" e gerar o colapso do sistema de saúde.

​​​​​​

Para o MP-PI, a Prefeitura de Picos se baseou apenas em aspectos econômicos ao promover a retomada das atividades e não segui um estudo técnico-científico. O Ministério Público pediu um plano detalhado, baseado em um estudo prévio com aspectos epidemiológicos, parâmetros de saúde e medidas sanitárias a serem adotadas.

Em entrevista à TV Clube, Valmir Lima afirmou que o plano de reabertura não será retroagido e que a decisão será compartilhada com o Ministério Público.

“O decreto está mantido. Tivemos uma reunião com secretários, médicos e avaliamos os últimos casos e se tinham ligação com abertura do comércio. Houve um acréscimo próprio da pandemia, não tem ligação direta com o comércio, mas sobretudo com o descuidado em casa, uso de máscaras, aglomerações em casas, festinhas. Por isso, deixamos o decreto”, disse o prefeito de Picos.

Sobre a recomendação do MP-PI, o gestor disse que vai aguardar a decisão da justiça. O município, segundo o prefeito, terá medidas de enfrentamento à Covid-19 mais rígidas. Uma reunião com a direção do Hospital Justino Luz, referência no tratamento da doença, será realizada nesta quinta-feira.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados