Curta a nossa página
 
08/06 17h32 2020 Você está aqui: Home / Cidades Da Redação Imprimir postagem

Homem é condenado a 11 anos de prisão por estupros e roubos em Campo Maior

O juiz Múccio Miguel Meira, da 1ª Vara da Comarca de Campo Maior, condenou Francisramos de Jesus Freire a 11 (onze) anos e 08 (oito) meses de reclusão. O réu respondia por estupro tentado, roubos e furtos cometidos contra mulheres no Parque Estrela em Campo Maior.

Francisramos, vulgo Pirrolinha, foi preso no início deste ano, depois de uma investigação da polícia civil contra invasões em sequências em casas no Parque Estrela, sempre onde as vítimas eram mulheres e moravam sozinhas.

O que intrigou a polícia é que o suspeito danificava as cercas elétricas para ter acesso aos imóveis, porém as portas eram abertas sem sinal de arrombamento. A polícia descobriu que o suspeito trabalhou na contração das casas e tinha conhecimento, inclusive, do cotidiano das vítimas. Ele também usava remédio para dopar as vitimas.

Segundo o processo, ele invadiu casas de pelos menos oito vitimas.

Em 2015, Francisramos já havia sido condenado por estupro, quando estuprou uma garota nas margens do rio Surubim, em Campo Maior, enquanto a mãe da menina lavava roupas.

O juiz condenou o réu a 03 (três) anos e 06 (seis) meses do estupro tentado, 05 (cinco) anos e 10 (dez) meses por roubos, e de 02 (dois) anos e 04 (quatro) meses do furto.

Na decisão, o juiz relata que não há, no presente momento, possibilidade de qualquer benefício penal, devido à quantidade de pena aplicada e da reincidência do acusado.

Levando em consideração as circunstâncias judiciais, a quantidade de pena aplicada e a reincidência do acusado, a pena será inicialmente em regime fechado para o cumprimento de pena.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados