Curta a nossa página
 
29/05 19h31 2020 Você está aqui: Home / Política Da Redação Imprimir postagem

Wellington Dias entrega Hospital de Campanha do Verdão e amplia atendimento para Covid-19

O governador Wellington Dias entregou, nesta sexta-feira (29), o Hospital de Campanha do Ginásio Verdão em Teresina. O investimento foi de R$5 milhões e a unidade ampliará a rede de saúde do Piauí para atendimento a pacientes com a Covid-19.

O Hospital de Campanha do Verdão disponibilizará 103 leitos. Desses, 90 são clínicos, que atendem casos mais leves da doença e 13 de estabilização. A unidade começará a receber pacientes na segunda-feira, 01 de junho. Cerca de 230 profissionais vão trabalhar no hospital.

“O hospital de campanha é um trabalho de muitas mãos. Ele será nossa retaguarda para pacientes que exigem uma condição de tratamento antes do agravamento da Covid-19. A ideia é trabalhar a rede básica de saúde com a ajuda do Hospital de Campanha da Prefeitura de Teresina. Assim, vamos desobstruir, por exemplo, o Hospital Getúlio Vargas (HGV) para a implantação de novos leitos de UTIs”, explicou o chefe do Executivo estadual.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, também participou do momento da entrega da unidade. “Quero agradecer a essa integração entre Estado e Município que contribui para o êxito do nosso trabalho, que não tem sido fácil, mas temos buscado superar as dificuldades. E este aqui é um exemplo dessa busca pela superação. Nós temos hoje uma taxa de ocupação de leitos clínicos que nos da uma situação muito mais confortável do que outros estados. Temos também uma taxa de ocupação de leitos de UTIs melhor que outros estados. Neste hospital de campanha teremos 103 leitos e um trabalho integrado com a rede, numa interlocução com as demais unidades da rede estadual e municipal que vai garantir a entrada e saída de paciente de outros lugares”, explicou o gestor.

A obra foi realizada pela Progen, empresa com experiência em construção de hospitais de campanha com montagem de estruturas modulares provisórias. A unidade será operada pela Fundação Cultural e de Fomento à Pesquisa, Ensino, Extensão e Inovação (Fadex), entidade ligada à Universidade Federal do Piauí (UFPI).

“Com a entrega do hospital, a Fadex ficará responsável também pela aquisição de medicamentos e insumos necessários ao desenvolvimento do projeto; pelas atividades de suporte técnico-científico e administrativo no que diz respeito ao gerenciamento e execução do projeto; assessoria, consultoria e funcionamento das atividades da unidade médica de campanha”, finaliza Florentino Neto.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados