Curta a nossa página
 
13/04 19h00 2020 Você está aqui: Home / Brasil Da Redação Imprimir postagem

Idosa que foi asfixiada pela filha em hospital morre dois meses depois do crime

A idosa Ana Benedita Figueiredo, de 68 anos, que foi filmada lutando pela vida enquanto a filha tentava asfixia-la no leito do Hospital Dr. Carlos Macieira em São Luís-MA, morreu no domingo (12) em São Luís. A idosa estava internada no hospital desde o dia 19 de janeiro e as causas da morte não foram divulgadas.

Ao G1, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que a idosa teve alta do hospital no dia 20 de março. Em uma mensagem divulgada pelo Conselho de Conselheiros Tutelares de São Luís para outro filho da idosa, Richardson César, a instituição prestou condolências e solidarizou com ele e sua família.

O caso ganhou repercussão por Luciana Paula Figueiredo, de 32 anos, ter sido flagrada por acompanhantes de outros pacientes do hospital tentando asfixiar a própria mãe. No vídeo, Luciana usa um lençol para tentar sufocar a idosa, que mesmo em condições frágeis de saúde, tenta impedir, mas não

Após o crime, Luciana Paula foi presa e autuada por tentativa de homicídio. Em depoimento à polícia, ela negou o crime, mas, ao ser questionada se é a favor da eutanásia, respondeu que ‘os pacientes terminais deveriam ter o seu direito de escolher’.

Luciana Paula Figueiredo continua presa na área feminina do Complexo Penitenciário de Pedrinhas em São Luís. De acordo com a decisão do último dia 3 de abril, assinada pelo juiz Gilberto de Moura Lima, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, foi mantida a prisão preventiva dela e solicitado um exame psicológico. A defesa de Luciana tenta provar que ela possui transtornos mentais.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados