Curta a nossa página
 
12/06 15h35 2018 Você está aqui: Home / Moda e beleza Por Rafael Melo Imprimir postagem

Ideias simples de moda e beleza para levar uma vida mais sustentável

DIMINUA OS ABSORVENTES

À primeira vista, deixar de usar absorventes soa como um ato inusitado, mas a troca pode, além de ajudar o meio ambiente, levar mais economia à vida das mulheres. Se você quer aderir, aposte em coletores, absorventes de pano ou calcinhas menstruais. Estas parecem uma peça comum, mas contam com uma tecnologia que as deixa confortáveis e higiênicas, como as da Herself ou da Pantys. “Desde que comecei o projeto, deixei de usar 540 absorventes descartáveis e economizei dois anos desse gasto”, aponta Cristal Muniz, idealizadora do blog Um Ano sem Lixo.

APOSTE NO UPCYCLING

Upcycling foi uma das palavras mais faladas na moda em 2017. Transformar roupas antigas e resíduos têxteis em peças completamente diferentes virou uma nova prática em grandes empresas, como a Farm, e o carro-chefe de marcas independentes, tipo a Insecta Shoes. E o melhor é que elas não perdem em nada no quesito design.

TROQUE ROUPAS

Sabe o velho e gostoso hábito de emprestar roupas para as amigas antes de uma festa? Vale trazê-lo de volta em 2018. Com certeza, há peças no seu armário para as quais você não liga muito, mas que são interessantes para elas. Criar um grupo no WhatsApp para trocar roupas é uma ótima ideia para fazer com que essas peças circulem. Vale ficar de olho também em eventos como o Projeto Gaveta, em que suas roupas antigas viram fichas para serem trocadas por outras.

PREFIRA OS SÓLIDOS

Xampus e condicionadores sem embalagem não são mais coisa do futuro. Marcas como a britânica Lush e as brasileiras Frez e Lá do Mato estão apostando em versões sólidas desses produtos. O bom é que eles produzem menos lixo, duram mais e contam com ingredientes mais concentrados.

SIGA BRECHÓS NO INSTAGRAM

Nos últimos anos, garimpar em brechós virou uma atividade quase necessária para toda boa fashionista. Muitos deles ficaram caros e concorridos, mas ainda são o lugar mais sustentável para comprar, e a dica agora é buscar endereços na internet, principalmente no Instagram. Quem gosta dos anos 1980 e 90 vai adorar conhecer perfis como o @reusebrechó, que ainda customiza algumas peças.

ADQUIRA UMA ECOBAG

Elas normalmente surgem na nossa casa como um brinde e nem percebemos como são úteis – é claro que hoje existem modelos lindos, que também servem como complemento do look. Nelas você consegue carregar sua garrafa de água, evitando copos descartáveis, e até um kit básico para se alimentar na rua, como o de Cristal: “Tenho um copo retrátil de silicone, talheres de plástico de acampamento, que podem entrar no avião, canudos de bambu e guardanapo de pano”. Práticas, leves e resistentes, elas ainda funcionam como sacola de mercado para compras rápidas.

SUBSTITUA O ALGODÃO

Já reparou na quantidade de algodão que é jogada no lixo toda vez que você tira a maquiagem ou aplica produtos de skincare? Na rotina de Lauren, disquinhos de crochê laváveis entraram no jogo. Quem não domina a técnica pode encontrar no Brasil em e-commerces como o It Balm.

DO IT YOURSELF

“Passei a fazer meus próprios cosméticos porque queria produzir menos lixo com as embalagens, que eram na maioria de plástico”, explica Cristal, que acabou descobrindo outros benefícios dessa decisão, já que muitos ingredientes industrializados são prejudiciais à saúde. “Faço meus hidratantes, pasta de dente, desodorante e demaquilante com ingredientes naturais perfeitos para a minha pele. Assim, tenho o efeito que quiser e posso escolher outras funções terapêuticas”, explica. Neste mês, ela vai ministrar um curso sobre o tema.

VÁ A FEIRAS E MERCADINHOS

O mais simples passo para você se familiarizar com marcas de moda e beleza independentes é passar a frequentar alguns eventos e feiras nos fins de semana. Há expositores de marcas naturais e orgânicas, além de palestras e workshops. Com tanta gente reunida falando do mesmo assunto, fica fácil encontrar o que você está procurando e fazer contatos.

FONTE: ELLE


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.