Curta a nossa página
 
18/09 20h22 2021 Você está aqui: Home / Boqueirão do Piauí Da Redação/Boqueirão Imprimir postagem

Boqueirão do Piauí

Da Redação/Boqueirão

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Da Redação/Boqueirão - com Boqueirão do Piauí

Vereador ameaça agredir outro parlamentar durante sessão da Câmara em Boqueirão (PI)

A motivação do atrito foi porque o vereador José Wilker usou a tribuna pra dizer que foi a Teresina em busca de obras e que o companheiro de câmara, Gilvan deveria fazer a mesma coisa, em prol do município. 

A sessão realizada neste sábado (18) na Câmara de vereadores do município de Boqueirão do Piauí, terminou em um bate boca e ameaças entre dois parlamentares. 

Segundo informações obtidas pelo Em Foco, a confusão teria iniciado no momento em que vereador Gilvan Barroso partiu para o vereador José Wilker o ameaçando de porrada caso ele citasse o seu nome outra vez na tribuna durante a sessão. 

A motivação do atrito foi porque o vereador José Wilker usou a tribuna pra dizer que foi a Teresina em busca de obras e que o companheiro de câmara, Gilvan deveria fazer a mesma coisa, em prol do município. 

Com isso, o vereador Gilvan se irritou no momento, mas esperou a sessão finalizar para ir até José Wilker onde teria apontado o dedo para o parlamentar exigindo que nunca mais citasse o nome dele na tribuna, caso contrário iria enchê-lo de porrada.

O EmFoco procurou ouvir os dois parlamentares, mas apenas o José Wilker apresentou sua versão do fato, confira na íntegra:

"Ao terminar a sessão, o vereador Gilvan Barroso me fez ameaças. Eu estava ali ainda sentado na mesa diretora, pois sou o Vice Presidente, quando ele partiu até a mim, apontando o dedo para mim, fazendo ameaças, de que na próxima sessão, se eu mencionasse o nome dele, ele iria descer o cacete né?. Que ele iria partir para agressão, né?. A partir daí eu me levantei e disse: -"O que é isso vereador? Que história é essa rapaz? Como é que eu não posso dizer seu nome aqui? Eu não lhe agredi, eu não faltei com respeito a você, não lhe falei da vida pessoal!" e aí a os colegas vereadores também logo chegaram e e deu uma acalmada nele". disse em um trecho da entrevista.

O parlamentar Wilker afirmou que essa não é a primeira vez que existem esses inícios de atritos entre ambos, mas segundo Wilker, tenta fazer o máximo para conseguir apaziguar a situação.

"E ele fez fortes ameaças, duras ameaças de que se na próxima sessão eu mencionasse o nome dele, ele iria tomar as providências e ia partir para a agressão mesmo. Aí eu disse:  - "Não vereador, que isso rapaz? Nós somos companheiro, nós fomos eleito democraticamente pelo povo, nós estamos aqui debatendo e eu reconheço seu o seu papel como oposição e você tem que reconhecer o meu como situação...", justamente porque eu defendo as ações da prefeita Geni e ele faz a parte dele, critica, né? e eu cobro dele e digo: -"Vereador, vossa excelência, vá a Teresina, vá atrás de seu Deputado, vá buscar junto ao seu Deputado emendas, vá buscar melhorias para a nossa Boqueirão". O vereador Fábio que também é de oposição, de vez em quando está em Teresina, até sem precisar de deputado, levando os ofícios dele na Secretaria de Educação, e em outros órgão em busca de melhorias para Boqueirão", disse o vereador.

Para finalizar, o parlamentar explicou o possível motivo que teria colaborado para o vereador Gilvar ter agido desta forma durante a sessão.

"Acho que ele se irritou mais ainda, quando eu disse que estaria trazendo o "Caminhão Lilás" para a comunidade dele, que é em parceria com a Secretaria de Estado em defesa das mulheres, ai eu disse: -"Eu quero você, se der certo, eu quero que você ajude a divulgar nas redes sociais, para qeu as pessoas participem desta ação (...)", ai mandei o ofício, eu fui em Teresina deixar o ofício.

"Ai ele se irritou muito quando eu falo o nome dele, ele disse para eu não falar mais o nome dele. Não só o nome dele, mas de todos os vereadores eu também cito o nome de cada um, para que, sobretudo os de oposição, para que vá até seus Deputados ou mesmo de iniciativa própria, vai nas secretarias em Teresina para buscar melhorias pra nosso povo. Então ele já vinha se irritando comigo, acho que desde a última sessão também por justamente por cobrar deles e por aplaudir aquilo de bom que a Prefeita tá fazendo. E eu como situação, tenho que que defender aquilo que é bom para nós. Então foi mais ou menos isso que aconteceu e ele me ameaçou que na próxima sessão se eu mencionar o nome dele ele vai partir pra porrada pra cima de mim", finalizou José Wilker.

Já o vereador Gilvan Barroso foi procurado pela nossa reportagem mas até o fechamento desta matéria, não deu retorno da sua versão dos fatos. O espaço fica aberto para os esclarecimentos.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados