Curta a nossa página
 
23/08 07h46 2021 Você está aqui: Home / Jatobá do Piauí Da Redação/Jatobá do Piauí Imprimir postagem

Jatobá do Piauí

Da Redação/Jatobá do Piauí

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Da Redação/Jatobá do Piauí - com Jatobá do Piauí

Vereador de Jatobá do PI recebeu mais de 30 mil reais de Bolsa Família e Auxilio Emergencial

Esta matéria foi atualizada com a postagem dos documentos que comprovão o recebimento, pois em sua fala na câmara de vereadores, logo apos a matéria ser divulgada, o parlamentar alegou que o conteúdo não trazia provas.

O vereador João Pereira da Silva Júnior (Solidariedade), da cidade de Jatobá do Piauí, a 134 km ao norte de Teresina, engrossa a lista de políticos, comerciantes, empresários e outras categorias que são beneficiadas, indevidamente, por Programas Sociais como o Bolsa Família e o Auxilio Emergencial do governo federal.

Junior Catirina, como é conhecido, entrou na política pela primeira em 2020 e foi eleito com 204 votos, ou 3,89% do eleitorado local. O parlamentar é o presidente da Comissão de Finanças da Câmara e pode entrar no radar da Polícia Federal para devolver dinheiro recebido indevidamente do Bolsa Familia e do Auxilio Emergencial. 

Mesmo com um patrimônio declarada à Justiça Eleitoral de R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil reais), que incluem dois carros: um caminhão modelo Mercedes Bens 710; e uma caminhonete modelo D-20, Junior foi beneficiado pelo Bolsa Família desde o mês de novembro de 2015. O benefício está em nome da esposa do parlamentar, identificada como Laiane Macedo do Nascimento. O último mês depositado foi fevereiro de 2021, quando Junior já estava recebendo o salário de vereador pelo segundo mês. Ao todo, foram recebidos R$ 16.452,00.

De Auxílio Emergencial, segundo o Portal da Transparência do governo federal, foram depositado em nome da esposa do vereador a quantia de R$ 15.032,00 em parcelas de 1.200,00 e 379,00. As duas últimas parcelas foram depositadas no mês de dezembro de 2020.

VEJA OS EXTRATOS

BOLSA FAMILIA

AUXILIO EMERGENCIAL

Polícia Federal

Segundo o Governo Federal, quando há o recebimento indevido de dinheiro público o caso pode ser investigado pela Polícia Federal, e sendo comprovada a má-fé do beneficiário o Ministério da Cidadania cobra a devolução dos valores recebidos aos cofres públicos. Além disso, a família fica proibida de reingressar no programa por um ano.

O que diz o CRAS de Jatobá do Piauí

O Emfoco procurou a Secretaria de Assistência Social de Jatobá do Piauí que informou que apesar do patrimônio do esposo, Laiane Macedo do Nascimento só procurou o Centro de Referência a Assistência Social (CRAS), no mês de janeiro de 2021 para atualizar o cadastro e retirar o nome da lista dos beneficiários do Bolsa Família.

Outro lado

A nossa reportagem procurou o vereador Júnior Catirina, mas ele não foi localizado para comentar o caso.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.