Curta a nossa página
 
23/08 16h28 2015 Você está aqui: Home / Blog da Redação Escolha do Editor campomaioremfoco@hotmail.com

Caiçara joga mal e fica apenas no empate com time amador

O jogo começou nervoso. A garotada do Caiçara não acertou os passes e muito menos as finalizações.

Há uma semana da estreia na Copa Piauí, o Caiçara fez neste domingo (23) seu primeiro amistoso da fase preparatória do torneio. No Deusdeth de Melo o Leão recebeu o Kibas Futebol Clube – time que disputa o Campeonato Amador de Campo Maior. Num péssimo gramado o alvirrubro não agradou e terminou por empatar em 1 a 1. 


O jogo começou nervoso. A garotada do Caiçara não acertou os passes e muito menos as finalizações. O adversário tocou melhor a bola e chegou com mais facilidade na desguarnecida defesa caiçarina. No segundo tempo, apesar do forte calor, o time do técnico Sérgio Passarinho conseguiu melhorar os contra-ataques e agradou mais.


No primeiro lance de jogo o Caiçara foi aguerrido. Após o apito inicial a garotada avançou pelo meio, foi a linha de fundo, efetuou o cruzamento e Mouha desperdiçou a chance de balançar a rede. O time do Kibas não se intimidou e a parti de então dominou os espaços de campo. Bem posicionado, o Kibas trocou passes na defesa adversária. A bola foi colocada na esquerda para Edmaycon mandar às redes, mas o arbitro invalidou alegando impedimento. 


No retorno para o segundo tempo o Caiçara voltou melhor. Os passes saíram com mais facilidade, as jogadas foram mais bem trabalhada e o gol veio como consequência. Aos 4 min, Vitor Bafana conclui ao gol logo depois de receber cruzamento da esquerda. O Kibas chegou ao empate na cobrança de pênalti de Bebeto. Final: Caiçara 1 x 1 Kibas. 

 

Erros de passes marcaram o primeiro amistoso do Caiçara (Foto: Ricardo Andrade / Ascom Caiçara)

 

A estreia do Caiçara na Copa Piauí acontece no próximo domingo (30) diante do Flamengo-PI no estádio Albertão, em Teresina. 


Análise do técnico
O técnico do Caiçara Sergio Passarinho analisou o amistoso com bons olhos. Para ele, as condições do gramado do estádio Deusdeth de Melo não permite boa atuação. “Hoje nosso objetivo não era o placar, nosso campo não tem condição nenhuma de praticar o futebol, era a movimentação de todos. Encontrei várias dificuldades que iremos corrigir durante a semana”, disse. 


Passarinho se mostrou chateado com a ausência dos jogadores de Campo Maior que não participaram do amistoso. “Ia dá prioridade aos jogadores da cidade infelizmente não sei por que não vieram. Eu estou muito chateado porque desgastou demais os outros jogadores. Seriam dois times e eu não consegui fazer isso”, falou. 

 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.