Curta a nossa página
 
24/09 12h11 2015 Você está aqui: Home / Blog da Ana Ana Maria Cunha campomaioremfoco@hotmail.com

PALAVRAS CADENCIADAS

Ter o dom de fazer poesias, é ter o dom de encantar pela palavra ritmada, cadenciada.

Dizem que de poeta, médico e louco todos nós temos um pouco. Não sei se é verdade, mas na verdade muita gente desenvolve o dom da poesia, o dom de encantar pela palavra ritmada, cadenciada que toca nossa alma a fundo e nos faz mais sensíveis, mais humanos e mais cultos.

 

Em Campo Maior temos muitos poetas, muitos escritores e muitos pensadores. Na nova geração de escritores temos alguns que considero muito bons, e que silenciosamente, sem muito alarde, vão distribuindo suas belas poesias pelas páginas da história e fazendo um bem enorme a quem as lê. É o caso desta escritora  e poetisa Antonia Pessoa Magalhães.

 

Ela que nasceu em 15.06.1963, em Castelo do Piauí (PI), mudando para Campo Maior,PI com apenas dois anos de idade. Filha de Horácio Ludgero Pessoa e Sofia Rosa Pessoa. Casada com Pedro Gomes Magalhães Neto, com quem tem três filhos: Denise Pessoa Magalhães, Daniel Igo Pessoa Magalhães e Davi Antônio Pessoa Magalhães. Funcionária Pública, professora de Português na rede Estadual de Ensino do Estado do Piauí, poetisa e cordelista. Formou-se em Licenciatura Plena em Letras – Português pela Universidade Estadual do Piaui- UESPI, no ano de 2000. Em 1996 lançou o seu primeiro livro de poesias - COISAS DA VIDA. Comentários: “ livro que registra a sua identidade inspiratória, onde o amor é destaque em todas as páginas. Sentimento é algo que brota como flores em seus poemas. Suas rimas sutis demonstram a simplicidade de sua eloquência. Não se prende a um único ponto de sua vida. Ela sabe olhar a seu redor e transfigurar situações diversas do cotidiano para versos significativos.(Marko Galleno)”; “ A singularidade de sua expressão está na simplicidade com que fala seus cantos, revelando esse lado humanizante, próprio dos poetas de boa linhagem.(Herculano Morais)” Escreveu os cordéis: Uma história de amor- Bodas de ouro ; História de Catarina – A mãe do mundo; Em nome do amor; Homenagem aos alunos; Homenagem aos professores; Campo Maior; Tratando as diferenças com igualdade; Homenagem aos Servidores; Professores e “Professores”, Preserve o Meio ambiente, Aniversário CEMJAPRA.

 

Toinha, como é conhecida na cidade, publicou, com seus alunos os livros: Descobrindo Poesias e Pequenos Poetas. Participou da Antologia Literária Internacional Del’ Secchi no ano de 2004, do Livro Geração Campo Maior, de Reginaldo Lima e da Antologia de Escritoras Piauienses (Século XIX à Contemporaneidade) de Algemira de Macêdo Mendes, Olívia Candeia Lima Rocha e Marleide Lins de Albuquerque, em setembro de 2009. Ocupa a cadeira nº 15 da Academia Campomaiorense de Artes e Letras.- ACALE.

 

Para hoje, em decorrência de estarmos no mês Setembro, e ser o mês em que se comemora a Bíblia Sagrada, ela nos presenteou com uma poesia sobre o Livro da Vida. Vamos à leitura.

 

Bíblia sagrada és um livro santo

Fonte de sabedoria

Lendo-te encontramos a paz

E aprendemos a viver em harmonia

 

Teus ensinamentos são lições de vida

São mensagens puras que vêm dos céus

Mostram –nos o verdadeiro salvador

E nos levam para mais perto de Deus.

 

As palavras em ti encontradas

São pérolas deixadas pelo criador

São riquezas que vêm do infinito

Mostrando que na vida vale o amor

 

Através de ti podemos saber

O que devemos fazer a cada dia

Para, então, vivermos felizes

Em um mundo repleto de alegria

 

Cada livro em ti é um pedaço do céu

Doado por Deus para nos ajudar

Cada palavra é sinônimo de amor

Que nos ensina a saber perdoar

 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.