Facebook
  RSS
  Whatsapp

  15:08

Sucuri e outras 11 serpentes são soltas em habitat natural no Piauí

 

Foi realizado na semana passada pela  equipe de técnicos da Diretoria de Conservação da Biodiversidade (DCBio) da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) a soltura de uma sucuri e 11 outras serpentes, como jiboias arco-íris.

A ação foi planejada pela equipe da Gerência de Conservação da Fauna, que faz parte da DCBio, e por técnicos do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), articulada e executada minuciosamente para garantir o bem-estar dos répteis, animais sensíveis às temperaturas, que foram examinados e cumpriram a etapa de aptidão à liberação na natureza.

A diretora de Conservação da Biodiversidade, Jurema Chaves, afirma que a ação de planejamento e soltura faz parte do Programa Vida Livre e foi criteriosa. “Cumprimos o compromisso governamental de implementação da Política de Proteção aos Animais Silvestres no estado e o compromisso interno de gestão da Semarh”, pontua a gestora.

A sucuri e as demais serpentes foram transportadas na madrugada, a fim de garantir baixas temperaturas e o mínimo de estresse. Os animais foram liberados na região extremo-norte do Piauí, em áreas de ocorrências e cadastradas, pela riqueza e diversidade biológica.

Danielle Melo, auditora fiscal ambiental da Semarh, exalta a importância desses animais na cadeia alimentar e consequentemente, para o equilíbrio ambiental, ressaltando a emoção da equipe em ter cumprido essa devolução das serpentes ao habitat natural.

 

 

 

 

Mais de Piauí