Facebook
  RSS
  Whatsapp

  22:04

Adolescente suspeita de matar outra mulher é morta com tiro na cabeça em Ubajara-CE

 Foto: Divulgação

A adolescente de 16 anos, identificada por Isabelle de Sousa Oliveira, morreu na noite desta quinta-feira (25/04), na Santa Casa de Sobral-CE, horas depois de ser baleada na cabeça quando voltava da escola na cidade de Ubajara, a 264 km a Oeste de Fortaleza. A jovem já havia sido detida por suspeita de envolvimento na morte de uma mulher em janeiro deste ano.

Testemunhas relataram que Isabelle esperava a avó abrir o portão de casa, por volta das 11h30, quando começou a ser perseguida por um homem. Ela ainda correu e tentou se esconder em um mercadinho, mas foi alcançada e baleada na região da cabeça.

A adolescente foi socorrida ao hospital do município e em seguida transferida para o hospital da cidade vizinha de Tianguá, onde foi estabilizada. Devido a gravidade do caso, ela foi levada para a Santa Casa de Sobral, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na unidade.

Ninguém foi preso ainda.

Envolvida em morte de mulher
A adolescente é suspeita de envolvimento na morte de uma mulher de 43 anos, no mercado público de Ubajara, no dia 3 de janeiro deste ano. Horas após o crime, ela e outros cinco suspeitos foram capturados.

A Secretaria da Segurança informou à época que durante as buscas pelos autores do homicídio no mercado os policiais militares se depararam com indivíduos armados que atiraram na direção da viatura.

Na ocasião, os agentes prenderam em flagrante João Victor Lima do Nascimento, de 22 anos, com passagens por tráfico de drogas, e Marinara Portela Bastos, de 24 anos. Além do casal, foram apreendidos quatro adolescentes, com idades entre 16 e 17 anos, um deles era a  Isabelle de Sousa Oliveira, que já estava solta .

Com o grupo, os policiais encontraram dois revólveres, duas pistolas, cinco celulares, duas motocicletas - sendo uma delas com queixa de roubo - e um rádio comunicador.

Os adultos foram autuados em flagrante pelos crimes de homicídio doloso, corrupção de menores e organização criminosa. Já os adolescentes foram autuados por atos infracionais análogos pelos crimes de homicídio doloso e organização criminosa.

Com informações do G1

Mais de Geral