Curta a nossa página
 
13/10 17h23 2020 Você está aqui: Home / Polícia Bianca Viana Imprimir postagem

PI: Mulher acusada de matar vizinha a facadas é presa pela Polícia Civil

A prisão aconteceu após a acusada ir prestar depoimento na Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa - DHPP na companhia de seu advogado.

Na manhã desta terça-feira (13), a Polícia Civil prendeu Maria Lúcia Pinheiro de Melo, acusada de assassinar a vizinha a facadas no dia 25 de setembro, no conjunto Taquari, na zona Leste de Teresina. A prisão aconteceu após a acusada ir prestar depoimento na Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa - DHPP na companhia de  seu advogado, e chegando lá foi constatado que ela tinha um mandado de prisão preventiva em aberto desde 10 de outubro. 

Segundo informações, ela prestou depoimento, mas não confessou a autoria do crime, porém devido o mandado de prisão em aberto ela foi detida e conduzida para o sistema prisional. 

"Nós ainda temos 10 dias para concluir esse inquérito, e eu prefiro não manifestar o que ela falou porque o inquérito ainda está em andamento. Nós já tínhamos muitas informações no inquérito, a investigação já estava em andamento desde do próprio dia 25, e com as informações que nós temos deu um bom embasamento para o deferimento da prisão preventiva dela." declarou a delegada Luana Alves.

Entenda o caso

Uma mulher identificada como Ana Lopes Neta, de 59 anos, foi morta a golpes de faca na porta de uma residência na manhã de quinta-feira (25/09), no conjunto Taquari, zona Leste de Teresina. A vítima possui um comércio na região e vinha sofrendo ameaças. 

Segundo informações, a vítima teria ido comprar verduras e no caminho de volta para casa foi abordada e esfaqueada diversas vezes. Ana Lopes chegou a correr e pedir ajuda, mas caiu sem vida em frente a uma casa do conjunto.

Segundo os moradores, uma mulher é suspeita de ter desferido os golpes. Os vizinhos escutaram os gritos de socorro da vítima, mas ao saírem já encontraram a idosa no calçada da casa. Ainda segundo relatos, Ana já vinha sofrendo ameaças por uma mulher que a perseguia, e inclusive, a idosa já havia registrado um boletim de ocorrência após ter sido agredida pela suspeita.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados