23/04 17h15 2021 Você está aqui: Home / Jatobá do Piauí Da Redação/Jatobá do Piauí Imprimir postagem

Jatobá do Piauí

Da Redação/Jatobá do Piauí

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Da Redação/Jatobá do Piauí - com Jatobá do Piauí

Golpistas clonam celulares e se passam por vereadores de Jatobá (PI) para pedir dinheiro

Esse já é o segundo caso na região, o mesmo ocorreu com o Prefeito de Sigefredo Pacheco (PI)

Os vereadores da cidade de Jatobá (PI), Cajueiro,Jermiray Andrade e Filho Almeida informaram nesta quinta-feira (22), através das redes sociais de amigos e familiares, que tiveram os celulares clonados por golpistas.

De acordo com informações, os golpistas estariam ligando e enviando mensagens por meio do aplicativo Whatsapp, para várias pessoas pedindo dinheiro em nome de ambos os parlamentares. Logo os amigos e familiares alertaram que caso apareça esse tipo de mensagem, não responder pois se trata de um golpe.

O Em Foco tentou entrar em contato com a vítimas, mas não obtivemos retorno para mais detalhes. Esse já é o segundo caso na região dos carnaúbais. No início do mês, o prefeito da cidada de Sigefredo Pacheco (PI), Murilo Bandeira, foi vítima do mesmo golpe, logo alertou a população através das redes sociais.

O que fazer se sua conta for clonada?

Os usuários que suspeitam que sua conta do WhatsApp foi invadida devem:

  • acessar o WhatsApp com o número do telefone e verificá-lo, inserindo o código recebido via SMS. Isso fará o logoff de outros aparelhos e devolverá ao proprietário o controle real da conta;
  • falar com seus contatos por outros canais, informando-os sobre a suspeita e pedir que ignorem as mensagens que possam ser enviadas até que se resolva o problema;
  • parar imediatamente de interagir com a pessoa e denunciá-la às autoridades locais se perceberem que estão lidando com uma fraude.

Como se proteger?

  • Evite compartilhar seu número de telefone em plataformas públicas. Caso precise ser contatado, a recomendação é fornecer o endereço de e-mail.
  • Ative a autenticação de dois fatores nas configurações da conta do WhatsApp. Dessa forma, o invasor também precisará inserir seu PIN 2FA, além do código SMS, dificultando muito o sequestro.
  • Nunca compartilhe o código de autenticação do WhatsApp, nem mesmo com amigos e familiares. Ninguém deve solicitar um código de verificação de qualquer tipo via WhatsApp.

Se alguém afirma que precisa verificar uma de suas contas, é provável que seja uma fraude Se você precisar verificar uma conta, faça-o diretamente na plataforma e nunca envie códigos de verificação pelo WhatsApp. Os códigos de autenticação de dois fatores devem ser tratados como senhas, o que significa que não devem ser publicados nem compartilhados. Assim, se alguém entrar em contato com você e contar uma história que parece ser boa demais, desconfie: pode ser uma farsa.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados