26/06 16h05 2020 Você está aqui: Home / Mundo Bianca Viana Imprimir postagem

Pescador encontra estátua da Virgem Maria desaparecida desde o século XIV na Espanha

A imagem havia desaparecido misteriosamente nas margens do rio Sar em meados do século XIV

Durante suas atividades cotidianas, um pescador espanhol encontrou, por acidente, uma imagem da Virgem Maria. No começo do mês de junho, Fernando Brey acabou tropeçando em um monte de musgo.

Apesar de aparentemente tratar-se de rochas muito comuns na beira de um rio, Brey acabou estranhando ao notar que haviam algumas formas bem estranhas nelas.  

Segundo o que relatou à imprensa local, uma das rochas parecia ser quadrada e tinha linhas, formas e ainda um formato que lembrava uma cabeça. “Eu disse para mim mesmo: há algo aqui", contou.

E realmente havia. O pescador tinha em mãos uma imagem da Virgem Maria com o menino Jesus que havia desaparecido misteriosamente nas margens do rio Sar em meados do século XIV.

O rio Sar se localiza no território galego, no noroeste da Espanha. Foram os funcionários do Museu da Peregrinação e de Santiago, em Santiago de Compostela, que conseguiram identificar que a rocha encontrada, na verdade, era uma imagem religiosa. 

Mesmo com certa dificuldade, já que os traços desbotados da peça estavam muito difíceis de se decifrar, os investigadores conseguiram concluir que tratava-se da imagem medieval. Isso só foi possível porque a base da estátua apresentava ornamentos que incluíam uma flor de quatro pétalas e folhas de acanto. 

Um comunicado apresentado pelo governo regional da Galiza ainda afirmou que entre os ombros da estátua era possível notar a figura de dois anjos.

"Eles estão bastante desgastados, mas ainda é possível visualizar cada um dos rostos, uma mão segurando um objeto e a própria capa da Virgem", destacou.

A imagem teria sido esculpida no estilo gótico galego, conforme apontaram as análises dos pesquisadores. Contudo, ao longo do estudo que procura desvendar as origens da peça, foi descoberto que, muito provavelmente, a imagem fazia parte de algo maior, uma estrutura ainda desconhecida.

É possível ainda que a peça tenha sobrevivido a uma tentativa de desfiguração. "O rosto da Virgem se foi e isso provavelmente se deve a algum impacto ocorrido na tentativa de danificar a peça", também explicou o comunicado.

Essa impressionante descoberta arqueológica continuará sendo examinada até que todos os mistérios em torno dela sejam solucionados.

No entanto, algumas suspeitas sobre sua trajetória já começam a surgir, já que a imagem parece ter sido descartada na mesma época em que a cultura galega estava prosperando na região. Resta agora aguardar as novidades das pesquisas.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados