Curta a nossa página
 
22/03 00h09 2020 Você está aqui: Home / Cabeceiras do Piauí Cabeceiras do Piauí Imprimir postagem

Cabeceiras do Piauí

Cabeceiras do Piauí

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Cabeceiras do Piauí - com Cabeceiras do Piauí

Prefeito de Cabeceiras do PI descumpre decreto dele mesmo e expõe a população ao coronavírus

ESTA MATÉRIA FOI ATUALIZADA

Vários vídeos de aglomerações de pessoas na cidade de Cabeceiras do Piauí viralizaram nas redes sociais nesse fim de semana. Alguns chegaram a dizer que era comemoração pela chegada de ônibus vindos de São Paulo com filhos ausentes, outros, que seria festas realizadas ontem, sábado, no pico do isolamento social estipulado pelos governos. O Em Foco foi investigar.

Os vídeos e fotos são da quinta-feira, dia 19 de março, que é feriado municipal em Cabeceiras pela passagem do dia de São José, padroeiro local. Nesta data, encerra-se o Tríduo de São José e após a missa, pela manhã, tem leilão e, tradicionalmente, tem festas pela cidade. Este ano, pelo menos três locais da cidade realizaram eventos com aglomeração de pessoas, bebidas alcoólicas e música, inclusive na casa do prefeito Dr. Zé Joaquim (PP).

Nesse dia também é considerado uma demonstração de força política, principalmente em ano de eleição, com os grupos políticos realizando festas. Esse ano, uma das alas não realizou nenhum evento, mas uma das três vias sim, e o prefeito recepcionou seus aliados e eleitores em sua casa, conhecida como “casa grande”. Paredões de som foram liberados no local.

A POLÊMICA

A data é tradicional, mas ocorre que o próprio prefeito já havia baixado um decreto no dia 17 proibindo esse tipo de evento pela cidade por conta dos riscos de contaminação pelo coronavírus, inclusive as aulas já haviam sido suspensas no município. O governo do estado do Piauí também já havia baixado decreto no mesmo sentido, no dia anterior. No dia 20, no entanto, o prefeito baixou outro decreto ratificando o primeiro e a partir dessa data não aconteceu mais eventos pela cidade.

Abaixo, decreto 18.884 do governa do estado do dia 16 de março

Por isso a polêmica.

O QUE DIZ O PREFEITO

Prefeitura Zé Joaquim disse ao Em Foco que desconhecia estas festas em bares e negou que tenha recebido populares em sua casa. Segundo o gestor, quando soube dos eventos pela cidade, tomou as providências. Disse que não fez festa, nem colocou carro de som; que esteve presente na missa e logo depois foi embora. Disse ainda que a casa onde ficaram algumas tendas na frente, próximo a igreja, não é sua. "Fui embora para a minha casa assim que a missa terminou". 

Disse que não podia suspender a missa, nem eventos particulares, principalmente os que envolviam adversários políticos, pois somente no dia 19 recebeu o decreto do governo do estado que proibia eventos públicos e também baixou outro decreto municipal que, segundo ele, o decreto anterior era mais para as secretarias municipais e se a reportagem interpretou que já se referia a aglomerados públicos, pode ter havido uma falta de edição mais clara. "Tanto que eu baixei outro decreto, porque o primeiro era somente para as secretarias" disse o prefeito. 

O prefeito disse ainda que os outros dois grupos políticos que são seus adversários é quem fez festa. Clube Bar do Bento teve até o lançamento de pré-candidatura de Juscelino e Neto Severo;  no Clube do Luís do Posto era o grupo do Zé Ozires; teve mais um evento em um posto de combustível. 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados