Curta a nossa página
 
29/06 21h55 2016 Você está aqui: Home / Cocal de Telha Da Redação/Cocal de Telha Imprimir postagem

Cocal de Telha

Da Redação/Cocal de Telha

campomaioremfoco@hotmail.com

Você está aqui: Home / Da Redação/Cocal de Telha - com Cocal de Telha

Cocal de Telha realiza ato público em defesa das mulheres. FOTOS!

Palestra e caminhada foram as principais atividades realizadas na tarde desta Quarta-Feira(29) contra a cultura do estupro e violência contra as mulheres.

A Prefeitura de Cocal de Telha, através da Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher com apoio da Secretaria Municipal de Ação Social e da Direção, professores e alunos da Unidade Escolar Job de Macêdo realizaram na tarde desta Quarta-Feira(29) um grande Ato Público contra a Cultura do Estupro e Violência contra as mulheres.

 

O evento teve início com uma palestra ministrada pela equipe técnica do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) no auditório da escola. Em seguida todos foram convidados para participar de uma caminhada passando por diversas ruas do centro da cidade até a Praça São José Operário.

 

O evento tinha como objetivo conscientizar a população para combater e repudiar qualquer violência contra as mulheres além de erradicar a cultura do estupro. Além de mulheres vários homens também participaram do ato que culminou com a mensagem da prefeita Ana Célia que destacou o trabalho feito pelos órgãos municipais na defesa dos direitos das mulheres e dos investimentos que o município vem realizando. A Mulher em Cocal de Telha tem que ser respeitada e todas devem se valorizar. Enfatizou.

 

 

Estiveram presentes na caminhada a Vereadora Karine do Rodrigão, Secretária de Educação Helena Carvalho, profissionais do CAPS, NASF, Conselho Tutelar, membros do CMDM, CREAS, CRAS, alunos da Escola Municipal Anísio Teodoro da Silva e professores e várias outras representantes de entidades locais.

 

 

Para a Coordenadora Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Lucilene Silva, “Em caso de violência ou até estupro, todas as mulheres devem denunciar e nunca calar. Muitas vezes as próprias vítimas temem denunciar ou procurar ajuda, mas se alguém da família, ou os próprios vizinhos, denunciarem anonimamente poderemos inclusive intervir no sentido de não acontecer tragédias, na qual não podemos tomar providencias para evitar algo pior. Ligue 180 ou procure o Conselho Municipal e ou até mesmo a coordenadoria.

 

 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.